O Voto em Foco

Mais uma vez as eleições no Brasil podem ser consideradas um sucesso. Podemos ficar revoltados com a vitória desse ou daquele candidato, devemos nos orgulhar do processo como um todo. Muitos podem discordar da obrigatoriedade do voto. Eu particularmente apoio. Acho que se o voto fosse facultativo a compra de votos (ou mesmo o voto irresponsável) seria maior, já que ninguém teria nada a perder. Principalmente nos lugares mais afastados.

Mas voltando ao assunto, devemos nos orgulhar porque temos Eleições com credibilidade e o resultado é respeitado. Os candidatos assumem a derrota e congratulam seus opositores vencedores. Não é todo país que pode dizer que isso acontece em todo pleito, independente do cargo. Sem sacanagem, a Festa da Democracia tem seus penetras, mas em geral oferece bolos e refrigerantes em quantidade muito satisfatória. Se é que vocês me entendem.

Corrida ao Planalto

Torci por um segundo turno e ele vai acontecer. Com toda a sinceridade que me caracteriza, para mim era indiferente quem lá estaria: Dilma, Marina ou Serra. Acredito com convicção que o processo eleitoral no Brasil só pode ser completo com um segundo turno. Mais tempo, mais confrontos diretos, mais debate. Se a decisão popular for Dilma Rousseff, vou apoiá-la, não importando se ela ganhou por causa do Presidente Lula ou dos votos vindo do Nordeste e Bolsa Família.

Serra foi confuso durante toda a campanha, mas foi extremamente feliz na parte oeste do país (rima involuntária, sorry). O medo que muitos tem do PT e seus correligionário, bem como o fato de ser sua segunda corrida presidencial e já ter sido eleito Prefeito de São Paulo e Governador do Estado (além de Ministro e Senador) contribuíram para que o barco não afundasse. Superou, inclusive, a escolha de um péssimo vice-presidente. Se ele for a escolha, também terá meu apoio.

Marina foi a surpresa das Eleições. Nasceu no Acre, mas comeu quieta como uma mineira. Os votos que conseguiu a mais do que se esperava consolidou o segundo turno. De quebra ainda foi a mais votada no Distrito Federal. Em seu estado de origem ficou em terceiro. Vai entender, né?

Institutos de Pesquisa

Os institutos de pesquisa começaram o pleito dando vitória de José Serra, quando ainda todos eram pré-candidatos. Aos poucos Dilma foi galgando porcentagem em cima de porcentagem e empatou. Meses depois, estava disparadamente na frente.

Estoura um escândalo aqui, outro ali e pimba. Queda na intenção de voto. Ainda sim todos apostavam em dia de sol com possibilidade de chuva, isto é, 50% dos votos, com margem de erro variando 2 pontos para mais ou para menos. Não dava para saber se teríamos ou não nova rodada de votações.

Pro Senado em São Paulo, todos apontavam Marta e Netinho, nessa ordem. Com a desistência de Quércia e o calvário de Tuma no hospital, Young e Aloysio puderam vislumbrar a luz no fim do túnel.

E quando chega o 03 de outubro, capote geral do IBOPE, Vox Populi e Data Folha. Dilma fica abaixo da margem de erro o tempo todo e Aloysio Nunes, que lutava para manter o terceiro lugar, acaba em primeiro.

Hora de rever os métodos e a abrangência da pesquisa?

O voto em Itatiba

Através da tag #VotaItatiba fiz a melhor cobertura das eleições na cidade, pelo Twitter. Ok, confesso que não vi outra para fazer uma comparação – nem o ITV Jornal, que teoricamente teria essa responsabilidade, se arriscou.  Procurem pela tag e veja tudo o que foi dito. Deu orgulho da minha cobertura modesta e imparcial.

Fui votar pouco depois do almoço e primeiro visitei a Universidade São Francisco, que acredito que seja o maior colégio eleitoral da cidade. Tudo muito organizado. Apesar da intensa movimentação, não vi filas. No máximo 3 ou 4 pessoas, pra não dizer que não tinha espera. Tristemente a novela dos panfletos teve mais um capítulo. Todas as ruas perto dos locais de votação imundas. Na USF, então, nem se fala.

Já no Colégio Objetivo, que deve ser o segundo maior colégio eleitoral, situação inversa. Tinha, sim, lixo, mas em quantidade menor. Entretanto as filas eram extremamente incoerentes para uma cidade como Itatiba. Fiquei 15 minutos na fila da 165. Fora o calor, já que o corredor era estreito e abafado.

Os candidatos da cidadeDep. Estadual (100% dos dados apurados)

David Bueno é presidente da Câmara dos Vereadores da cidade. Sua missão era – além de ser eleito – superar a votação de Marina Bredariol nas eleições de 2006. Na época a candidata do PPS obteve 19.925. O candidato do PSB obteve 18.532 votos. Chegou perto, mas não o suficiente. Nas eleições seguintes Marina foi candidata a prefeita e quase levou. Será esse o destino de Bueno?

Célia Leão, apesar de ser mais ligada à Campinas, teve apoio do Prefeito João Fattori e contou com 93.318. Foi eleita e fica aqui o apelo para que ela não esqueça da terrinha. E que o Prefeito também tenha moral para cobrá-la com relação as verbas destinadas à Princesa da Colina.

Dra. Adriana é esposa do Prefeito de Valinhos e também prometeu trabalhar pela cidade. 26.853 eleitores depositaram sua confiança nela. Não foi o suficiente para ser eleita, nem com o famoso quociente partidário. A candidata do PMDB foi apoiada pelo ex-Prefeito José Roberto Fumach e, ao que tudo indica, começa nesse ano a caminhada no mundo eleitoral. Olho nela.

Adilson Rossi nasceu em Itatiba e foi candidato pelo PHS. Eu sinceramente não lembro de ver propaganda dele, mas não é a primeira vez que se candidata. Dessa vez conseguiu consideráveis 64.646 votos, o que nos dá esperança de ter um Deputado não apenas nascido aqui, mas também comprometido com a cidade, que é o mais importante.

Eliel Soares e Eduardo Bettin conseguiram 239 e  1.125 votos, respectivamente.

Os candidatos da cidade – Dep. Federal ( 100% dos dados apurados )

José Avelino Pereira é metalúrgico sindicalista e atende pela alcunha de Chinelo. Apesar do apelido bizarro e do slogan meio violento (é Chinelo na cabeça), faz questão de dizer que é da cidade. Não nasceu aqui, mas tem casa. Se esse é o critério, está valendo. Em 2006 obteve 21.927. Em 2010 conseguiu angariar 20.284. Quase lá.

Chico Santa Rita é o oposto de Chinelo: jornalista e marqueteiro político. Grande aposta do Bom Dia Itatiba, obteve a contagem de 9.873 votos. Abaixo do que o esperado? Talvez. O Jornal dizia que ele tinha “grandes chances” de ser eleito. Acho que o instituto de pesquisa do referido jornal também falhou. E feio.

Rodrigo Garcia é outro candidato que fez muita propaganda em Itatiba. Não o vi por aqui e não ouvi sua voz durante todo o período eleitoral, mas foi eleito com 226.073 votos. Mais um que espero, de todo o coração, que olhe para cá nos próximos 4 anos e traga verbas. Encher a cidade de palcas, carros de som, cartazes e santinhos é fácil e pode ter funcionado. Quero ver trabalhar por nós.

Carlos Sampaio foi o candidato do Fattori para Câmara dos Deputados. Também foi eleito com a expressiva soma de 145.585, o que significa que, em tese, temos a quem recorrer lá. Novamente fica o apelo para que o Prefeito o tenha apoiado por um bom motivo, ou seja, o tenha apoiado porque ele já acertou verbas pra cá. Não podemos engolir promessas eleitoreiras…

Sandro Vieira obteve a impressionante quantidade auferida de ZERO VOTOS. Viva! Será que nem ele e a família tiveram coragem de digitar seus números na urna ou a candidatura foi impugnada? A conferir….

Sandro Vieira obteve, na verdade, 167 votos. Sua candidatura, no estanto, está indeferida, mas ainda aguarda o julgamento do recurso. Creio que não vai fazer muita diferença, mas ao menos não ficou zerado, como antes eu imaginava

Os Eleitos da Região

Governador – Geraldo Alckimin
Senadores: Aloysio Nunes e Marta Suplicy
Deputados Federais – Carlos Sampaio, Jonas Donizete, Guilherme Campos
Deputados Estaduais – Célia Leão, Adilson Rossi, Davi Zaia

Essa parte do post será atualizada após as 19 horas, quando tudo estiver decidido e perfeitamente consolidados. Os dados acima citados também serão corrigidos quando 100% das urnas forem apuradas.

6 pensamentos sobre “O Voto em Foco

  1. Pingback: 4 anos e 719 posts depois… « Ideia Fix

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s