F1 2013: GP da Coreia do Sul

A corrida que pegou fogo. Literalmente.

Só não pegou fogo na ponta, pois, o Vettel apaga qualquer faísca, rapidinho. O danado venceu de ponta a ponta, de novo. Deem o título logo para o rapaz, poxa vida. Na largada, o Grosejan passou o Hamilton e assumiu a 2ª posição. Enquanto isso, Massa tentou escalar Alonso e Gutierrez, mas acabou rodando, por isso, teve que fazer uma prova de recuperação. Chegou em uma boa nona colocação.

Mas, a Ferrari não estava em uma boa jornada. Alonso foi burocrático, além de o carro não ter achado o acerto ideal para o fim de semana. Conseguiu algumas boas brigas com Hamilton e , principalmente, Hulkenberg. Aliás, o garoto merece uma atenção especial. O alemãozinho largou em sétimo e aproveitando toda a confusão na largada pulou para quinto.

Ai, foi ficar no cangote do Hamilton para, em um momento de distração do piloto inglês, assumir a 4ª posição. E olha que ele aguentou a pressão do Hamilton e do Alonso. Tem braço, o menino!

E o Raikkonen, hein? Daquele jeito.. na dele. Foi escalando, escalando, passou seu companheiro, e chegou em 2º com Grosejan em 3º.

Agora, o destaque, mesmo, foi o Webber. Ia largar em 3º foi punido e perdeu dez posições. Mas, não era só! Após um toque com Sutil, segundo o australiano, o KERS começou a pegar fogo. Tá vendo Rede Bull? fica comprando coisa vagabunda, olha no que dá.

O fogaréu gerou um safety car. O segundo, na verdade, já que o primeiro foi causado pelo Perez, após uma dechapada no pneu.

O campeonato

1º Vettel 272 pts; Alonso 195 pts; Raikkonen 167 pts; Alonso 161 pts; Webber 130 pts; Rosberg 122 pts; Massa 89 pts

Próxima prova: GP do Japão, 13 de Outubro.

O fogo é fogo!

O fogo é um dos quatro elementos fundamentais da natureza é, com certeza, o que causa a maior fascinação entre os mortais. Na Pré-História, foi a primeira descoberta realmente importante, permitindo aos peludões primeiros homens obterem o calor nas noites frias (e bota frias nisso), além da fantástica possibilidade de assar a carne dos animais abatidos. O fogo ainda servia para iluminar as cavernas e afastar possível animais predadores…

Na Mitologia, o fogo tem uma participação ativa. Prometeu literalmente se fudeu se deu mal quando roubou o elemento até então exclusivo dos Deuses do Olimpo e o distribuiu aos homens (quase como um Robin Hood grego). Como castigo,  Zeus ordenou a Hefesto acorrentá-lo ao cume do monte Cáucaso, onde todos os dias uma águia (ou abutre) ia dilacerar o seu fígado que, por ser Prometeu imortal, regenerava-se. Esse castigo devia durar 30.000 anos. Tem muita banda e muito político que merecia um castigo desses, não?

Mesmo depois de tanto tempo, o fogo continua encantando os homens. Nas festa de São João, é o elemento principal. Festa junina sem fogueira O é festa junina. Pena que quem brinca com fogo faz xixi na cama. (Obs: Bombeiros então são os maiores mijões do universo!)

Por falar em bombeiros, há uma doença psicológica chamada de piromania. O indivíduo com piromania coloca fogo nas coisas para sentir prazer, não para chamar a atenção. O ato pode acontecer somente uma vez ou se repetir até que algo grave acabe acontecendo” – explica o psiquiatra do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais, Juarez de Oliveira Castro. Ou seja… literalmente essas pessoas gostam de ver o circo pegar fogo. O circo, a casa, a cerca, a árvore…

Exemplo de piromania... fogo no mato!

O resultado de um incêndio pode ser catastrófico. Pobres ficam sem o pouco que tem. Estabelecimentos comerciais tem enormes prejuízos, florestas são dizimadas, vidas são transformadas em churrasco… aliás… por falar em churrasco: O que seria da picanha, do cupim, dos corações de galinha sem o fogo? Nada!

Bom… agora você já sabe um pouco mais sobre o fogo. Mais uma vez o Idéia Fix aumenta sua cultura com informações precisas e muito interessantes… Você pode até usar em seu trabalho escolar, sem pagar royaties!
PS: Não brinque com fogo. Ele é chato e não sabe brincar.