Opinix: Botando o Jarbas de molho

Olá! Estou de volta para comentar uma entrevista que deu o que falar.

A entrevista em questão é a do senador Jarbas Vasconcellos (PMDB-PE) vinculada na revista ”Veja” em suas páginas amarelas.
O senador afirmou que: ‘‘Boa parte do PMDB quer mesmo é corrupção.‘”

Até ai nenhuma novidade, mas o que me chamou atenção foi a coragem e a clareza do ex-governador e atual senador nas suas respostas. A entrevista gerou (claro!) um desconforto enorme no partido.

Veja mais alguns trechos:

Hoje, o PMDB é um partido sem bandeiras, sem propostas, sem um norte. É uma confederação de líderes regionais, cada um com seu interesse, sendo que mais de 90% deles praticam o clientelismo, de olho principalmente nos cargos.

(..) não tenho mais projeto político pessoal. Já fui prefeito duas vezes, já fui governador duas vezes, não quero mais. Sei que vou ser muito pressionado a disputar o governo em 2010, mas não vou ceder. Seria uma incoerência voltar ao governo e me submeter a tudo isso que critico.

De minha parte e acho que desse pequeno blog, gostaria de dar os parabéns ao senador pela fuga do lugar comum das declarações comedidas desta política “cheia de ratos” cujas ”idéias não correspondem aos fatos”, como diria o grande poeta Cazuza.

Quer ler a entrevista? A Veja disponibiliza a versão online aqui

(Nota tradicional do Frank: Veja, será super interessante se essa revista marcar época. Não que não estejamos acostumados a esse mundo estranho que é a política nacional, isto é, o dia a dia na Esplanada dos Ministérios, do Palácio do Planalto… Bravos sejam aqueles que tenham coragem para imitá-lo. Mas que tenham, também, coragem de continuar, senão o placar sempre será o mesmo. Capice?)