O mistério dos postes que apagam

O sobrenatural está presente em nossas vidas, por mais que o padre Quevedo insista em dizer que “Izo non ecziste!

Ultimamente tem acontecido algo curioso e estranho ao mesmo tempo. Vou aproveitar que sempre que pergunto algo nesse blog, os nobres leitores vem ao meu socorro palpitando nos comentários – pelo menos foi assim no caso das Testemunhas de Jeová e no conflito entre meu chuveiro e a internet banda estreita da minha casa – para tentar esclarecer se o que aconteceu comigo é culpa da coincidência, se é algo científico ou se é encosto mesmo.

Volto da faculdade a pé, já que ela é relativamente perto da minha casa. Nessa hora já está escuro, afinal, é sempre mais de 10 e meia da noite. A primeira vez que o fato aconteceu, lembro-me bem, foi numa sexta-feira. Ao atravessar uma pequena praça, um poste de esquina apagou bem quando eu passava embaixo dele. Achei engraçado e segui em frente.

Na segunda-feira subseqüente passei pela mesma rua, quase na mesma hora e o mesmo poste estava apagado. Foi só eu passar por ele que… PIMPA! A LUZ ACENDEU!
Parei e fiquei contemplando aquela luz amarelo-alaranjado brilhado na noite itatibense. “Será possível? Eu passo ele apaga… depois eu passo e ele acende!” O poste responsável pelo ocorrido é esse aqui:

O poste não brilha tanto... é ilusão de óptica

Se você acha que acabou, está enganado. Uma semana depois, passei pelo mesmo poste e… não.. dessa vez nada aconteceu. Com esse poste.
Uns 300 metros adiante, em outra esquina, outro poste apagou assim que eu pasei por ele. Não podia ser verdade, mas era. Novamente um poste tinha dado sinal de vida na minha presença.

Pesquisei um pouco sobre o assunto e achei comunidades sobre isso. Pelo jeito não sou a única pessoa no mundo que tem problemas com postes. Uma das comunidades tem mais de 73 mil (!) participantes. Já se discutiu sobre estática, gremilins, tantrismo, ondas cerebrais e mais trocentas explicações sobre o fato. Obviamente, nenhuma é conclusiva. A melhor explicação que encontrei foi essa:

Brincadeiras a parte, lá eles relatam casos de postes que apagam em seqüência (3 de uma vez), outras situações dizem que isso acontece quando as pessoas passam de carro e outras tantas histórias.

Será que algum de você pode me dar uma explicação razoável para o fato? É normal acontecer isso? Devo cuidar melhor do meu encosto, levando-o para pasear mais regularmente?
Aguardo os dizeres…

UPDATE: Hoje é dia 24 de fevereiro de 2010 e meu problema persiste. Certa vez, caminhava com uma amiga e nos deparamos com um poste de luz apagado. Falei pra ela que o poste acenderia quando déssemos 4 passos depois de passar embaixo da lâmpada. Comtamos 1, 2, 3 e no quarto passo… luz acesa. Até hoje essa amiga tem medo de mim.

No dia seguinte, passei sozinho pelo mesmo poste, que estava novamente apagado. Em vez de passar embaixo dele, gritei: “ACENDE POSTE!”. Claro… milagrosamente ele acendeu. Estou seriamente preocupado.

UPDATE 2: Muita gente comentou aí abaixo que passa pela mesma situação. Estou começando a achar que nossa rede elétrica urbana é uma porcaria. Quantos postes será que existem no Brasil? Imagine só a porcentagem deles que não está funcionando direto. Por menor que seja, ainda é poste pra dedéu…