Afetados pela independência intelectual

Fato: Toda cidade de interior tem personagens marcantes, que, invariavelmente, qualquer cidadão que saia de casa ao menos uma vez, conhece. É o louco, o médico, as “primas”, o bêbado, o político e assim por diante.

Itatiba dessa vez não é exceção à regra. Depois do post sobre os efeitos do álcool, colegas leitores deste blog (sim… eu tenho colegas leitores!) forneceram várias informações sobre mais gente que se comporta praticamente diferente do normal. Conheça um pouco mais sobre esses “personagens” itatibenses e veja se na sua cidade tem alguém parecido:

Fer: O Fer é um personagem popular e extremamente simpático. Não há um lugar nesta cidade que ele não aborde qualquer um e diga: “Oooooooooooooooooooooi! Tuuuuuuudooooo beeeeeeeemmmm????” (com esta exata quantidade de O’s, U’s e E’s).
Já tomei alguns sustos, pois Fer brota aparece do nada, sempre cumprimentando. Também não tem lá uma boa memória.
Diz a lenda que ele ficou assim de tanto estudar. O cérebro simplesmente fundiu. Também diz a lenda que, se você perguntar qual dia da semana cai, por exemplo, 12 de dezembro de 2034, ele responderá corretamente, sem titubear. Mistério.
Fer participa do Beautiful People (desfile de modas itatibense). Quer ver o Fer? Clique aqui e diverta-se
UPDATE: E não é que o Fer pegou o cometa rumo ao estrelato? Nesse vídeo vocês poderam apreciar Fer no programa Astros, do SBT. Ele é o de camiseta azul e aparece do meio do final….

Jeh: A protagonista do Vi os Efeitos do Álcool também é bem conhecida e chamada de Cidão pelos mais chegados. Apesar de toda a malemolência, o ziriguidum, em fim… o telecoteco que ela demonstra ter quando dança, Jeh/Cidão tem seu lado barraqueiro: Atirou o próprio tênis dentro do shopping galeria aqui da cidade, proferindo palavras que eu sinceramente não tenho a menor intenção de descrever aqui. Por incrível que pareça, Jeh/Cidão demonstra ter um lado intelectual, já que eu a vi batendo um papo agradável e muito interessante… com uma árvore.

Tio do cavaquinho: Esse senhor, sempre muito bem penteado, vive às voltas do Bar do Vai-Não-Volta (NOTA: Este humilde blogueiro se recusou a averiguar com mais certeza o porque do nome, por questões de segurança. O ovo rosa foi praticamente uma placa de “Não se aproxime”).
Não consegui descobrir qual é o nome do sujeito, todavia, ele é facilmente identificado. Carrega sempre um cavaquinho que, sinceramente, nunca o vi tocar. Mas até que isso faz sentido, considerando que ele também carrega ao ouvido um radio de pilhas e fica feliz com isso (um sorriso sinistro, diga-se). Creio que ele ficaria ainda mais feliz se alguém o ensinasse a LIGAR o radinho.

Bernadete: Para começo de conversa, Bernadete é homem. E, para falar a verdade, esse nem é o nome dele. O rapaz chama Geraldo. Tudo o que pude apurar é que, ao ser chamado de Bernadete, o tio vira uma arara (no sentido metafórico da palavra): “Seu felada %$&%!!!! Lazarento… Vai tomar no seu ¨% seu felada*&%@….”. Fala isso tudo enquanto brade, de forma irresponsável, uma faca enferrujada (daquelas que se a morte não for causada pelo ferimento, certamente será causada por tétano).
Segundo a lenda, “Berná” tomou um cacete de uma mulher (outra versão diz que a porrada foi de um policial). Essa (e) sim chamava Bernadete. Quando lembrado do caso, essas imagens dolorosas lhe voltam à mente, provocando as reações descritas acima.
Agora vem a pergunta: Por que ele apanhou da mulher (policial)? Se você tomar por base que ele pediu em casamento, absolutamente do nada, a mãe de uma amiga minha, pode tirar tranqüilo e sem medo de ser feliz suas próprias conclusões.

Lima: O Lima é um sujeito muito bacana. Frequenta o Centro de Apoio Psicológico de Itatiba, mas, segundo o próprio “ele finge ser paciente para entender melhor os problemas dos outros”. Quando jovem foi vendedor da Remasa e especialista em linguagem corporal. Também é sentimental. Namora, secretamente, uma garota de 14 anos. Os pais aprovam a relação, mas ele tem medo de torná-la pública, já que “pedofilia dá cadeia“. Tem uma memória muito curiosa e, um dia, terá sua biografia mostrada pelo Globo Repóter. O roteiro, escrito pelo próprio Lima, está pronto e já foi enviado para o Prozac, digo, Projac.

Creio que, em toda a cidade, deve haver mais personagens nesse estilo. Como esses circulam pela área central, são mais conhecidos do público.
E você? Conhece alguém que não é tão certo da cabeça? Tãn-tãn (tá, pode chamar de coveiro), maluco, trêbado ou simplesmente esquisito?
Escreva aí nos comentário… dê a sua contribuição

PS: O título é uma modificação da frase do jornalista Ambrose Bierce:
“Louco (adjetivo): Afetado por um alto grau de independência intelectual.

Graças ao Fernando ao Rodrigo e à Camila

10 pensamentos sobre “Afetados pela independência intelectual

  1. Frank,

    No Rio de Janeiro, existiam duas figuras míticas. O puxador de samba com tuperware e o Tio do algodão doce.
    Saí do Rio há mais de 8 anos. Recentemente, durante férias, “pinguei” rapidamente no Rio e por incrível que pareça, lá estava ele: Com uma perna muito mais curta que a outra, corcunda para o outro lado (creio que se definirmos como problema de coluna, seria uma esculhambose – talvez, tenha sido desenvolvida para dar equilibrio…), com a mesma bengala na mão e o tuperware cheio de moedas na outra, puxando com ritmo o seu samba.
    Já a figurinha peculiar do algodão doce, meu sobrinho de 5 anos já o conhece. Ele estava passando férias com o pai, na casa da avó materna (também no RJ), quando percebeu aquele suave: “ALGODÃÃÃÃÃÃÃÃOOOOOOOOOOOOO (até aqui, um grito normal) DOOCEÊÊÊÊEÊÊÊEEÊÊÊÊÊÊÊ (lembra-se do desenho do capitão caverna? que ele gritava normal a palavra CAPITÃO, mas esculhambava no CAVERNA?) Pois é, o tio do algodão, fazia pular de susto quem estivesse passando perto.
    Aqui em Recife, temos o famoso JACK MÃO NA BUNDA. Não sei se é para evitar vazamentos, ou se é para a comida consumida ficar mais tempo dentro do organismo… ou talvez, ele tenha alguma pelinha inflamada no dedo e o calor alivie a dor*… o que importa é que ele SEMPRE, até mesmo dormindo (ele é morador de rua… apesar de eu não concordar com, este termo**), está com uma das mãos dentor do short, sobre sua bunda.

    Fora isto, trabalhando onde trabalho, encontramos algumas figuras conhecidas… mas, posteriormente falo sobre elas.

    * – “Garçom chega com sopa para o casal, com o dedão dentro da sopa. Indignado, o marido esbraveja: Que absurdo é este? Você está com o dedo dentro da minha comida!!
    Veja bem meu senhor – esclarece o garçom, estou com uma pelinha inflamada no dedo e o calor alivia a dor.
    Por que é que você não enfia o dedo no * (orifício anal defecador) – sugere irritadiçamente o Marido.
    Era justamente onde eu estava com o dedo, até que tive que vir serví-lo…”

    ** – Morador de rua. PQP, se o cara mora, não pode ser na rua. Se o cara vive na rua, não pode ser morador.

  2. Hello Frank,

    É com mta honra q estou aqui lendo esse blog tao engraçado, alias, achei q teria uma pequena parte contando sobre sua amiga Maricota rsrsr , ô caraa como pode esquecer? rs Mas quer saber a parte q eu mais gostei? Certza q é a parte do meu amigo de coração, inteligentissimo e ao msmo tempo estranho e meio louco hehe o Liminha rsrs ameii. Agora vou passar a ler sempre seus blogs, assim mato a saudade das suas loucuras heheh oo faltaa q vc faz!! Ahhh o próximo texto se quiser mencionarr alguém importantee como “mé” hauhaua pode ser hauahua

    amiga p sempre!
    Bjaoo Frank Aguiar

  3. Maricota,

    Em esclarecimento ao meu post, esclareço que:

    – A Maricota a qual me referi, era outra, que também me deixou curioso quanto ao comentário, que também era uma meliante de alta periculosidade, e que também possuía uma tropa de lascar.

    Porém, em momento algum, gostaria que você supusesse que tive o intento de atentar contra a imagem de Vossa Magnanima Pessoa.

    Caso tenha algum intento de jurar-me de morte, digo de privação de vida, tenho a te dizer que meu amigo FRANK e faixa preta em caratê e que disse que antes de você vir ter comigo, teria que se ver com ele.

    Cordiais apertos de mão,

    P.S. – Frank, caso a megera passe por você, se você ainda tiver forças, me avise. Já estou com um plano de fuga preparado!

    😛

  4. Caro Gustavao,

    kkk primeiro q esse amigo forte e valente cujo o nome seja Frank, tenho q comunica-lo q ele não passa de um meninão tímido q se sente ameaçado qdo estou c a tropa de elite hauhau mas nao estou aqui para falar de um cara bacana como o Frank e sim falar de um banana ” VC”!!!
    Sabe qdo escrevi aquele comentário p meu AMIGO eu sabia q algum idiota sem o q fazer, faria comentário sobre o msmo! kkk e nao eh que acertei?! Agora o q mais me deixou indignada foi o seu MEGERA huahau aff mais cafona do q isso SÓ doiss disso kkkk
    E pra flar a verdadee achei vc meio GAY hauhaua pq isso é coisa de menininha frescaa meu bem ou coisa de menininho novo, falando nisso qtoss aninhoss a florzinha tem?

    Ahh caso vc não seja GAY só pode estar tentando arrumar uma paixaozinha pq Cara ApaixonadO fika tonto igual VC huahuahua

    Um mega abraço e um bjinho

    P.S Frankkk q lock é esse?? Vc o conheçe huahuaha?? Soh podia ser hein!

    Bjoo Frank, Gustavão e Brasil kkkkk

  5. Prezada e (nem tanto assim) estimada

    Mariana FonSECA, vulgo Maricota.

    “kkk primeiro q esse amigo forte e valente cujo o nome seja Frank, tenho q comunica-lo q ele não passa de um meninão tímido q se sente ameaçado qdo estou c a tropa de elite hauhau mas nao estou aqui para falar de um cara bacana como o Frank e sim falar de um BANANA ” VC”!!!
    E pra flar a verdadee achei vc meio GAY hauhaua pq isso é coisa de menininha frescaa meu bem ou coisa de menininho novo, falando nisso qtoss aninhoss a florzinha tem?”

    – Estas questões suas, mal resolvidas, com relação a BANANAS e GAYS, tem a ver com o seu nome? (fonSECA) Algum trauma durante algum evento? Chore não, pode se abrir para o Titio aqui (tenho 31 anos, minha querida PIRRA, isto explica a “cafonisse” utilizada no megera.)

    “Sabe qdo escrevi aquele comentário p meu AMIGO eu sabia q algum idiota sem o q fazer, faria comentário sobre o msmo! kkk e nao eh que acertei?!” Quer dizer então, que ler o comentário dos outros é coisa de idiotas sem ter o que fazer?
    – Hummmmmmmm… você leu o meu? Creio que isto a equipara a mim…

    “Agora o q mais me deixou indignada foi o seu MEGERA huahau aff mais cafona do q isso SÓ doiss disso kkkk”
    – Cafonando mais ainda: MEGERA MEGERA (pronto, dois disso!) Lembre-se, ainda pode piorar, ou melhor, cafonar, usando “três disso KKKK”! Agora, se quiser piorar mesmo, é só fazer um trocadilho do tipo: “para falar de um cara BACANA como o Frank e sim falar de um BANANA ” VC”! (SORTE QUE VOCÊ NÃO TENTOU USAR AS PALAVRAS BANANA E PIJAMA, POIS HÁ DIREITOS DE USO DE IMAGEM, E PODERIAS SER PROCESSADA)

    “Ahh caso vc não seja GAY só pode estar tentando arrumar uma paixaozinha pq Cara ApaixonadO fika tonto igual VC huahuahua”
    – Não sei… ontem eu estava “meio gay” (da metade para frente), hoje não estou mais, amanhã estarei (da metade para trás)… ó duvida cruel… Esclareça para mim por favor, QUE DIABOS É “MEIO GAY?”
    – PAIXÃOZINHA? Isto é para quem é solteiro e não tem o que fazer. Apesar de ter a vida muito corrida, gosto de prestigiar este Blog, pois Frank é um cara muito inteligente, coerente e tem futuro. Será para mim, uma honra, poder acompanhar o crescimento e amadurecimento dele.
    – Ainda com relação a ser GAY? Você coça o saco e escarra no chão? Pois, pareceu-me que você é uma menina de bom gosto, ou seja, ADORA mulheres. Só fico triste, por aparentar ser uma “sapatinha” tão escatologica. Se bem que com sua experiência traumática com bananas, não a condeno.

    “Um mega abraço e um bjinho”
    – Vários mega abraços e vários beijões, para você!!

    “P.S Frankkk q lock é esse?? Vc o conheçe huahuaha?? Soh podia ser hein!”
    – Sou um lock, que um belo dia esbarrou com um tema polêmico aqui no blog, durante uma pesquisa, que dei uma olhada no blog e me viciei, dado o nível intelectual que as coisas são conduzidas por ele, e o nível abissal e divertido que alguns participantes (geralmente idiotas sem ter o que fazer), dão em contribuição!

    “Bjoo Frank, Gustavão e Brasil kkkkk”
    – Beijos para você também MARICOTÃO. KKKKKKKKK

    Frank,

    Sim, você avisou. Foi divertido. Espero ter mais.
    Lembrando de embate, considero vencido por W.O., o embate literário lá nas bandeirinhas… Lembra-se?

    Abraços,

    • Fantástico… resta esperar a tréplica da Mariana..

      E sim, nosso embate literário foi vencido por você… mas por pontos. Apesar do ditado gaudério “não está morto quem peleia” vigorar por aqui, devo admitir que voc~e venceu por pontos.

  6. Caro Gustavão

    Em relação a lésbica, se é isso q vc tanto quer saber, não sou não!!!
    Um cara experiente, intelectual cmo vc, dando continuidade p uma besteirinha dessa, confesso que é comovente! Para um PIRRA como eu hauhaua

    Afff vc não tem argumento melhor não?? O q tem o meu sobrenome com essa história?? hauhau

    Ahhh achO q não sou eu a traumatizada não!! TE achei preconceituoso na real, nunca tive nada contra gay e acho mto legal, cada um c o seu gosto sexual neh, se eu gosto ou nao de mulheres acho q vc nao tem nda com isso!!!

    POr favor não dessaa de nível ( Ainda com relação a ser GAY? Você coça o saco e escarra no chão? Pois, pareceu-me que você é uma menina de bom gosto, ou seja, ADORA mulheres), não se esqueça q sou menina!!

    Qdo vc for responder pensa um pouco antes senhor intelectualllllllll e experientee eh claro kkkkkk

    Bjokas Mari

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s