Opinix Especial: Células-tronco

Pessoal, estou escrevendo hoje pois passarei por uma cirurgia na sexta (nada de grave) que me impossibilitará de escrever.

Quando falei que também iria escrever sobre saúde nesse espaço, é bom que vocês saibam o motivo:

Meu pai é médico neurologista e diretor técnico da Santa Casa de Itatiba (onde resido), minha mãe é psicóloga e por conta da minha deficiência física, a rotina de ir a hospitais, clínicas – além de ter a companhia de fisioterapeutas (grandes amigos também) – é bastante comum para mim.

O primeiro assunto que iria escrever nessa área era sobre células-tronco, mas vi que não preciso porque há um grande artigo da Dra. Lygia da Veiga Pereira na revista Scientific American Brasil, o qual reproduzo (em parte, claro) aqui:

Como é que as células-tronco (CTs) embrionárias foram parar no Supremo Tribunal Federal, junto com traficantes, mensaleiros e sangues-sugas? Não eram elas a grande promessa terapêutica do século 21? Sim! Porém, seu uso envolve a destruição de um embrião humano, criando a possibilidade de violar o artigo 5o de nossa constituição, que garante “aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida”.

As embrionárias são o tipo mais versátil de CTs até hoje identificadas em mamíferos, com a capacidade de dar origem a todos os tecidos do corpo. Desde a década de 80 se fazem pesquisas com as CTs embrionárias de camundongos, e hoje sabemos como transformá-las em células cardíacas, em neurônios, entre outras, que quando transplantadas em animais doentes são capazes de aliviar os sintomas de diversas doenças, de Parkinson a paralisia causada por trauma da medula espinhal.

Leia a continuação do artigo na Scientific American Brasil

Até sexta que vem!!

PS: Sou estudante de jornalismo e tenho grande paixão por esportes, mas, infelizmente, no Brasil, não existe jornalista científico (pelo que eu saiba).

2 pensamentos sobre “Opinix Especial: Células-tronco

  1. A noção que temos hoje sobre algum assunto, pode não ser a noção que teremos sobre o mesmo amanhã.
    Tudo o que gira controvérsia corre o risco de ser provado ou desacreditado em um piscar de olhos, então devemos sempre ser otimistas com as descobertas. Mesmo que envolvam violações em níveis diversificados, o resultado pode acabar compensando as falhas do passado. Afinal, a ciência progride conforme aprende com o erros.
    Eu acredito que muitas vidas ainda serão salvas devido às células-tronco, mas para quem ainda tem dúvida, ao menos resta acreditar no tempo.

    Estou torcendo pra que tudo dê certo na sua cirurgia, que a recuperação seja rápida e indolor, e que volte logo a escrever ;D

    Beijos!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s