A teoria dos 6 ou 7 elos

A globalização parece ser um dos únicos temas das aulas de Geografia (além da Guerra Fria…). De fato, é inegável que ela acontece, seja a globalização da informação, da culinária, das línguas e, segundo os sociólogos, dos problemas e da pobreza.

Agora, há uma teoria que leva o conceito de globalização ao extremo. Segundo ela, é possível ligar duas pessoas em qualquer parte parte do mundo, usando como critério suas amizades. Mais especificamente, uma corrente com no máximo 6 ou 7 pessoas. Não entendeu? Eu explico… ou melhor… a mãe Wikipédia explica:

A teoria dos seis graus de separação originou-se a partir de um estudo científico[1], que criou o mito de que, no mundo, são necessárias no máximo seis laços de amizade para que duas pessoas quaisquer estejam ligadas.”

Os estudiosos crêem que isso é possível graças aos MSNs, Orkuts, Skypes da vida. E, pensando bem, essa teoria até que pode ser verdadeira. Garanto que você conhece pelo menos alguém que mora ou morou no exterior. Essa pessoa, por sua vez, conhece alguem que mora ou mora fora do país e assim por diante. A gama de possibilidades é gigantesca!

Para vocês terem uma idéia de como isso é verdadeiro, há um site, o Oracle of Bacon, do ator Kevin Toicinho Bacon. Através de um complexo (cof, cof) sistema, é possível ligar qualquer ator do mundo à ele. Vejam o exemplo de Dercy Gonçalves. Ela tem a classificação 3, pois fez um filme com Angela Maria; Angela, por sua vez, fez um filme com Norma Angélica, que fez um filme com… Kevin Bacon.

Vamos a um exemplo absurdo. Tiririca – aquele mesmo! – tem uma ligação com Kevin Bacon. Duvida? Tiririca fez um filme com Milhem Cortaz, que fez um Brendan Fraser que, por fim, fez um filme com Mr. Bacon… vai entender uma ligação absurda dessas.

Não acredito que essa teoria seja 100% verdadeira, apesar de ser bem consistente. Na minha modesta opinião, ela vai falhar em alguns casos, principalmente naqueles mais específicos. Por exemplo: como ligar esse humilde blogueiro ao ditador da Coréia do Norte Kim Jong-il? Não sei se 7 ligações serão suficientes.

Algum de vocês já descobriu uma estranha ligação com alguém famoso ou importante? Conte aí nos comentários….

Para saber mais:

Artigo na Wikipédia sobre a teoria dos 6 elos
Oracle of Bacon
(experimente os mais bizarros atores… diversão garantida….)

22 pensamentos sobre “A teoria dos 6 ou 7 elos

  1. “…como ligar esse humilde blogueiro ao ditador da Coréia do Norte Kim Jong-il?”

    Acho que dá… você deve conhecer alguém, que conhece algum Deputado, que conhece o Lula, que conhece algum outro presidente ou político que por sua vez conhece o Kim Jong-il.

    Assim sempre dá certo, né?

    Abraço!

    • O pressuposto da teoria dos elos é a ligação em rede das sociedades actuais. O exemplo que deste é bastante ilustrativo duma proto-sociedade não ligada. Por exemplo, se recuarmos um século, mesmo no Ocidente, a teoria dos elos nunca funcionaria. O que a teoria dos elos vem comprovar é o facto de numa sociedade globalizada como a nossa, todos (com excepção do teu esquimó) estamos ligados. O que até nem é mau…

  2. Ahh…eu ia falar que eu li sobre isso na super e na mundo estranho mas alguem chego primeiro (Bruno XD)

    Bom minha opnião:
    Provavelmente deve existir casos que o grau de laços para ligar duas pessoas supere a 6, mas isso porque o número 6 é uma média e não um número exato.Assim o grau 6 não se aplica a todos os caos, mas o suficiente para ser chamado de teoria, pois não é qualquer idéia ou hipótese que se torna uma teoria.

  3. Ow, eu conhço uma ligação estranha com gente famosa.
    Tipow, eu moro em Brasília.E há dois anos meu irmão namorou uma garota que tinha uma tia em comum com o jogador de futebol KaKá. Dificil de acrediar, né? Mas é sério.
    EU > MINHA CUNHADA > TIA DELA E DO KAKÁ > KAKÁ.

    Ih, olha só, nem percisei de seis elos. Como o André disse acima, acho que o número seis é só uma média. Em uns casos mais, outros menos.

  4. Já que funciona assim, é mais fácil do que parece.

    Meu sogro foi jogador do Coríntians na década de 70 e conheceu o Pelé.
    Eu>Meu sogro>Pelé(e o Pelé, por sua vez, conhece muito mais gente famosa, o que faz as relações aumentarem)Ex.: Eu>Meu sogro>Pelé>Rainha da Inglaterra

    Minha mãe tem uma amiga que é prima do Roberto Carlos

    Eu>Minha mãe>Amiga da minha mãe>Roberto Carlos (e olha que o Rei também conhece um bando de gente famosa…)

  5. Bem…

    Vamos tentar:

    Eu conheço… eu mesmo… que assisto discovery kids e universal, onde passa o seriado house, que é protagonizado pelo hugh laurie, que por sua vez conhece o diretor que já trabalhou com o produtor que já foi casado com o Keanu Reeves, que NUNCA fez um filme com o Kevin Bacon!!

    Não ficou legal…

    Ah!! Já sei!!!!

    Eu conheci o catinguento!! E, não faço idéia de quem ele conhece, que por sua vez, não devem ter trabalhado com o Kevin Bacon!!!!

  6. Essa teória é muito boa.

    é como em LOST que todo mundo conhece todo mundo, mas ninguem conhece ninguem.

    trabalho em um jornal

    um jornalista daqui já entrevistou will smith

    então quer dizer que

    Eu>>JORNALISTA>>Will Smith??

    assim??? tenho três helos com o Hancock?

    q coisa mais legal!

    • É isso aí Falcon… pegou o espírito da coisa. Agora imagine quantas pessoas o Will Smith conhece e que são o 4° elo da cadeia. E imagine também o 5° e o 6° elo… É gente que não acaba mais!

      Abraço e volte sempre

  7. Pingback: Teoria dos seis graus de separação « In Orbt

  8. vou tentar ligar este esse humilde blogueiro ao ditador da Coréia do Norte Kim Jong-il?
    1. Este blogueiro deve conhecer alguem q conhece o prefeito da cidade
    2. O Prefeito da cidade deve conhecer o governador do estado.
    3. O governador do estado deve conhecer o presidente Lula.
    4. O ex-presidente Lula ja conheceu o ditador da Coreia.

    4 ligaçoes foram o suficiente!

  9. Frank Toogood, assim como você, não creio na total veridicidade desta teoria. Em algum momento ou outro é claro que ela irá falhar, afinal tenho certeza que não há como criar uma ligação entre eu e TODAS as aproximadas 7 bilhões de pessoas nesse mundo com 6 ou 7 elos. Não sei se isso é possível nem se considerar todas as pessoas do meu bairro. hehehe. Mesmo assim, fiquei impressionado com o “Oráculo do Bacon”. Testei vários nomes de atores, alguns nem tão famosos, e todos apresentaram algum tipo de ligação nesse sentido. E não obrigatório testar só com o Kevin Bacon, pode-se usar outros nomes também.

    • Não deixa de ser absolutamente curioso. Todos os testes que fiz deram certo.

      O grande problema é que há cada vez mais pessoas famosas, qe conhecem tantas outras pessoas famosas e aí.

      A grande questão para fazer a teoria falhar é definir a profundidade da palavra conhecer. Apenas trocar mensagens eletrônicas? Conversar pessoalmente? Pois é… em tese, se eu mandar um tuite para um famosos e ele me responder, dá pra considerar que eu conheço ele?

      Eu acho que essa é a unica falha da teoria…

  10. Pingback: Imagem e Semelhança « Blog do Neumarkt

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s