Poema Xing Ling

Se a sua casa precisa de um upgrade,
Não se esqueça dos produtos do oriente.
Toda a sorte de produtos que você quiser comprar,
Numa loja de 1,99 você vai encontrar.

De forminhas para pastel à ralo de pia.
De violãozinho à caixa vazia.
Saboneteiras e avental.
Maquiagem à cordas de varal….

Tudo perfeitamente “original”.

O coreano aprovou,
O chinês exportou,
Já o japonês – pra variar – faturou.
E o brasileiro? Ahhh… Esse aí só gastou.

Ironicamente o preço é o mais diverso
Não se desespere por não encontrar o inverso
O nome pode até enganar
Mas tenha a certeza que vais economizar!

No 1,99 não há classe social
Ricos, pobres e até “os animal”
Todo mundo tem a sua vez
Lá, até argentino é freguês!

Da próxima vez que for a uma dessas lojinhas
Não esqueça desse singelo poeminha,
Xing Ling que é
bote defeito se quisé.

3 pensamentos sobre “Poema Xing Ling

  1. Cara, nunca pensei que alguém um dia fizesse um poema sobre uma loja de 1,99. Impressionante… Acho que você está freqüentando muito essas lojas… Mas até que o poema ficou legal…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s