O estranho mundo das coincidências: esse é um mundo pequeno

Se você, caro leitor e prezada leitora do Ideia Fix, não faz a mínima idéia de quem eu seja ou porque  estou postando aqui, seria apreciável, para não dizer imprescindível, que você lesse o texto anterior que deu origem a essa série. Obrigado.

Voltando então ao tema coincidências, como bem lembraram os autores do livro “Além das coincidências”, esse não somente é um mundo pequeno (pouco mais de 12 mil km de diâmetro), como também é um mundo pequeno com mais de seis bilhões –6.749.983.295, para ser mais exato (acompanhe em tempo real aqui) – de seres descendentes dos macacos e baseados em carbono (Douglas Adams, of course) vivendo nele. Por isso hoje vamos falar hoje das coincidências do tipo “o-mundo-é-pequeno”.

Comecemos primeiramente com Rose Davis, de Garndiffaith, Inglaterra. Ele foi adotada aos três meses e só descobriu isso 30 anos depois. Passou então a procurar seus irmãos. Ela não precisou procurar muito para encontrar seu irmão Chris: ele havia se mudado, três meses antes, para uma casa defronte a sua.

OK, você é um cético. A Inglaterra é uma ilha pequena e cheia de gente (densidade de 248 hab./km², se  você estiver interessado em saber) e isso poderia acontecer. Então vamos para um lugar mais, digamos, espaçado. Os Estados Unidos.

Nancy Hart trabalhava como caixa em um banco em Austin, no Texas. Um dia, dois homens chegaram no seu quichê para descontar um cheque de 200 dólares. O cheque era dela mesma, nominal ao seu namorado. Mas ela não tinha dado cheque nenhum ao namorado. A polícia foi chamada e descobriu que no mesmo dia mais cedo os dois azarados tinham roubado a casa de David Conner, namorado de Nancy, e roubado seus talões de cheque e documentos. Os dois foram presos e condenados.

Ainda está duvidando e achando que foi tudo só azar de uma dupla de ladrões patetas ? Então vamos à quintessência das coincidências do tipo “o mundo é pequeno”. A história de Laura Buxton.

Laura Buxton era uma garota loira de 10 anos que estava numa festa de aniversário em junho de 2001 em Staffordshire, Inglaterra. Ela escreveu seu nome e endereço em um cartão, o prendeu a um balão cheio de gás hélio e o soltou ao sabor dos ventos. O balão viajou por 220 km até Penwsey e foi apanhado por uma garota. Ela também se chamava Laura Buxton. Ela também tinha 10 anos. Ela também era loira. E, como se isso não bastasse, as duas Lauras Buxton também tinham em comum o fato de terem um coelho, um porquinho da índia e um cão labrador como animais de estimação.  Ah, eu já mencionei que as duas eram filhas únicas?

Se depois dessa você não acreditar mais em coincidências, espere até semana que vem. A mais estranha coincidência literária de todos os tempos aguarda você.

Até lá.

4 pensamentos sobre “O estranho mundo das coincidências: esse é um mundo pequeno

  1. Duas:
    1ª – Eu era guri, briguei feio com a namorada (trocamos juras de ódio eterno, término incondicional e ameaças de vida…). Viajei para o Acre (Sim, ele existe. Apesar de eu ser a pessoa que mais defende a sua inexistência… história para outro dia). Conheci uma guria linda do Espírito Santo. Ficamos por duas semanas. Voltei para o Rio só para descobrir que se tratava da prima da minha ex-ex-namorada, que voltou a ser ex; e
    2ª – Estava atendendo um senhor, que pelo sotaque, perguntou de onde eu era. Ao tomar conhecimento que eu era carioca, disse que adorava minha terra. Papo vai, papo vem, descobri que este cara (de MS), serviu o exército com meu avô (RJ) e que tomou do irmão dele (de DF), minha avó (de MG). Pqp, o que este cara veio fazer em PE? Liguei para o meu avô e os dois bateram o maior papo. Detalhe: meu avô só tem 85 aninhos.

  2. nossa, que meedo disso !
    Depois desse (ou desses casos) acho que existe sim coincidência, mas qual é a razão de uma coincidência ? Existe uma razão ?

    Certeza que essa Laura Buxton achou que se tratava de um clone ou irmã gemea separadas no nascimento, eu pensaria assim com 10 anos de idade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s