Capitão Universo e a F.O.D.A.

Em algum lugar, perto da Rodoviária, algo estranho acontecia. Sim… era ela, Dra. Brisalemon em mais uma malévola tentativa de transformar o mundo em yaoi. A vítima era, mais uma vez, a Dra. Pishinne. Tudo porque ela tinha a F.O.D.A. e não queria dividir com ninguém…

– ONDE ESTÁ A F.O.D.A? HEIN? CADÊ? – esbravejava inutilmente a Dra. Brisalemon
– Aiiii… não grita, caramba. Viu, deixa eu falar. Você nunca vai ter a Fórmula Orgânica Desnaturalizadora Aritmética, que permite mudar o sexo dos seres quando usada. Ela será usada para salvar espécies em risco de extinção!
– HA, HA, HA! É claro que vou tê-la. Nem que o Dr. Weonsugar tenha que desmembrá-la toda! Osso por osso! E por falar nele, QUER LARGAR ESSE SUFLAIR E VIR ATÉ AQUI?
– Já estou indo… calma aê. E viu… é melhor ir logo com isso, antes que o Capitão Universo apar…
– NÃO FALE ESSE NO…

Um grande estrondo é ouvido. Do teto surge ele… CAPITÃO UNIVERSO, trajando seu boné, capa, sua incrível arma embutida no pulso e sua camiseta com suas iniciais…

– …ME.. tarde demais infeliz…
– Ca-ca-ca-ca-ca-pitão Universo?
– Você de novo? – O Capitão dirige-se à Dra. Brisa
– Não! Agora é a vovozinha da Chapeuzinho Vermelho!
– Engraçado… parece MUITO com a Dra. Brisalemon. Sabe aquela que quer transfor…
– Cacete! É claro que sou eu. Qual é dessa vez? Vai atirar, amarrar, usar seu cinto de utilidades…
– Sabia que tinha esquecido de alguma coisa! Mas não… hoje eu só vim salvar a Dra. Pishinne, que, aliás, está muito ocupada olhando aquele porta retratos… Isso não estava no roteiro narrador!
– Aiii que bunitinho! Quem é a criança?
– Sou eu, Dr. Weonsugar, oras!
– Sério? – disse Dra. Brisalemon – Achei que fosse seu irmão! HAHA
– Eu também.
– Idem! (esse foi do narrador)
– Só porque somos parecidos, não quer dizer que somos a mesma pessoa… e… não tá na hora de voltar pro roteiro narrador?

Ah sim, er… claro… voltemos ao roteiro…

– Devolvam a professora ou eu vou atirar.. de popósito eu vou acertar!
– Bah… todo mundo sabe que você só acerta quando quer errar – Dr. Weonsgugar estava convicto disso – Além do mais, você nunca vai passar por essa barreira magnética criada especialmente para barrar seus tiros. Invenção minha, claro.
– Não ligue pra eles! E viu, deixa eu falar, é só você atirar querendo errar! – A professora tentava instruir seu salvador.
– QUÊ!?
– É só atirar pra errar!
– QUÊ?!
– É  SÓ ATIRAR PRA ERRAR!
-QUÊ?!
– Quer parar com isso, seu besta?
– Desculpe… não resisti – Devolvam, ou eu atiro!
– Atira! Atira! HAHAHAHAHAHAH…

Nesse instante ouviu-se vários tiros, vindos de todas as direções. O Capitão Universo atirou, Dra. Brisalemon atirou, Dr. Weonsugar atirou. O barulho foi tão intenso que a minhoca que estava no canto da sala deu um pulo de meio metro. Muita fumaça, poeira…. confusão…

– Arrrhgg.. cof, cof… Hey.. o que aconteceu aqui? Cadê a professora? E o mais importante:  Onde está o pôster em tamanho natural do Miyavi?  -Dra. Brisalemon levantava-se, meio desnorteada.
– Hum.. arrrgh.. tenho um palpite… mas deixa pra lá – era a vez do Dr. Weonsugar – Ou foi  a torta que queimou ou alguém acertou os extintores de incêndio. Só pode ter sido esse paspalho.

Só faltava o Capitão se manifestar.

-Vocês… acertaram… meu… meu… citoplasma!
– Diafragma! Diafragma!
-Ah.. tanto faz… o importante é que a Professora Pishinne está comigo… Kombawa pra vocês.
– Er…psiu… é Sayonara. – A professora sorria aliviada.

Capitão Universo levantou voo e saiu pelo mesmo buraco que entrou. Mais uma vez tinha salvado a professora. Lá embaixo, a Dra Brisalemon surtava, atirando objetos, como se isso fosse adiantar alguma coisa.

– Como foi que você me resgatou? – questionou a professora.
– Eu atirei na Dra. Brisalemon. O tirou acertou o extintor de incêndio do outro lado, provocando uma explosão que me vez voar em direção à barreira. Ela protege contra tiro, mas não contra mim mesmo! Rá!
– É verdade… não tinha pensado nisso. Mas que falta de juízo atirar na mulher!
– Aa… mas você sabe.. eu só não crio juízo porque não sei o que ele come!
– Tá certo… belezinha, hein? Mas você está bem?
– Esse monte de tiros… estou com uma baita dor de cabeça. Acho que vou tomar um anticoncepcional.
– Aaaaaaai não! ANTICONCEPCIONAL NÃO!

E aqui termina a primeira aventura. Capitão Universo salvou a Professora e a F.O.D.A. Mas a missão ainda não acabou. Dra. Brisa e Dr. Weon não vão desistir fácil assim. Agora o plano será bem melhor arquitetado. O Capitão não perde por esperar…

Nem vocês.

Não entendeu nada? Leia o Epílogo!

9 pensamentos sobre “Capitão Universo e a F.O.D.A.

  1. como prometido
    meu lindo e maravislhoso comentario

    cara… eu não faria um escandalo se acabasse com o meu poster do miyavi
    mesmo pq eu não tenho um
    qem sabe se fosse um do gazetto /parei

    capitão universo é idiota demais
    e a pishine de destraindo com os porta-retratos
    me lembra alguém /hm
    opakpoakposkpaoks
    beijus frank

    ficou engraçado demais
    não demore com o próximo
    vou postar esse no Nyah!

    • hauahauhauaha…. pô.. O CU não é idiota. É apenas.. hã.. alternativo. Por que o Superhomem pode andar coma cueca por cima da calça (mesmo observando muilhares de pessoas NÃO fazem isso) e o Cu não pode tomar um anticoncepcional para dor de cabeça?

      E quanto ao poster. Eu esqueci de mencionar que era aquele que esá vestido de oncinha. 😛

      Volte sempre Brisa!

  2. Frank,

    Devo discordar…
    O Myiavi, não é gay. Ela já é praticamente uma mocinha.

    História interessante. Mas, quem disse que ele tomaria oralmente o anticoncepcional (para a dor de cabeça)?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s