As palavras de Getúlio Vargas

Nas últimas décadas, o dia 1° de maio só tem uma utilidade: ser mais um feriado na grade do ócio no Brasil. Os estudantes agradecem, os empresários reclamam. Um cabo de guerra sem fim. No governo Vargas, no entanto, o Dia do Trabalho sempre guardava alguma surpresa. O discurso de Vargas era aguardado, já que parecia um Kinder  Ovo: Chocolate por fora, leite por dentro e uma surpresa que encarece o produto.

O trabalho era o assunto preferido do presidente-ditador. E o povo consumia as palavras como se fossem feitas de mel. O discurso de Getúlio realmente surtia efeitos. Veja um trecho do Primeiro de Maio de 1938:

Como sabeis, em nosso país, o trabalhador, principalmente o trabalhador rural, vive abandonado, percebendo uma remuneração inferior às suas necessidades.

No momento em que se providencia para que todos os trabalhadores brasileiros tenham casa barata, isentados dos impostos de transmissão, torna-se necessário, ao mesmo tempo, que, pelo trabalho, se lhes garanta a casa, a subsistência, o vestuário, a educação dos filhos.

Outra prova de que o discurso realmente cativava é a lotação do estádio (geralmente São Januário, já que o Maracanã ainda não existia). O povo ia à loucura quando Vargas adentrava a pista do estádio com seu conversível, acenando para os espectadores. Se cobrassem ingresso, teriam renda superior à muitos clássico por esse Brasil afora.

Em 1940, um golpe de misericórdia para popularizar mais ainda o Pai dos Pobres: “Na continuação desse programa renovador, que encontrou no atual ministro do Trabalho um eficiente e devotado orientador, assinamos, hoje, um ato de incalculável alcance social e econômico: a lei que fixa o salário mínimo para todo o país. Trata-se de antiga aspiração popular, promessa do movimento revolucionário de 1930.” Exatamente. Vargas foi hábil o suficiente para proclamar o salário mínimo no dia do trabalhador. E como se sabe, 5 anos depois ele saia da vida para entrar para a história.

O que mais assusta nisso tudo é perceber que a oratória é um dos recursos mais poderosos que um ser humano pode ter. Talvez até o mais poderoso. Lula, Vargas, Fidel, Hitler… veja quantos líderes fizeram uso das palavra para unir multidão. Vargas usou para o bem. Para o próprio bem. Hitler usou para o mal. Para o mal dos judeus.

Voltando para o 1° de maio: Um outro aspecto que chama a atenção à análise dos discursos é a insistente referência à Revolução de 30. Mesmo 10 anos depois, ele fez questão de remoer o tema para não deixá-lo cair no esquecimento. O mesmo poderia ser feito para que lembremos sempre dos candidatos por nós escolhidos. A mídia não martela a questão como deveria, o povo não se interessa em lembrar e os PraLamentares menos ainda. Vargas pode não ter sido o mais perfeito dos Presidentes, mas nos deixou uma lição implícita, até hoje não assimilada.

Quer ouvir Vargas? O vídeo abaixo é uma amostra da lábia do baixinho de terno de linho branco:

Os discursos de Vargas podem ser lidos nos links abaixo:
>> Discurso de 1938
>> Discurso de 1939
>> Discurso de 1940

5 pensamentos sobre “As palavras de Getúlio Vargas

  1. Que ataque inócuo!
    Procurando por textos do ex-presidente Doutor Getúlio, o que leio?
    Busque sofisticar sua oratória em vez de dissuadir textos de baixo nível de escrita, inclusive de conteúdo.

    • Caro Vinícius:

      Muito me entristece o fato de ter interpretado meu humilde texto sobre discursos de Vargas (ou melhor, ex-presidente Doutor Getúlio) como um “ataque inócuo”. Relendo o texto, selecionei alguns adjetivos que utilizei explícita ou implicitamente: hábil, popular, carismático. Inclusive, no parágrafo sobre a oratória poderosa, escrevi exatamente com essas palavras: “Vargas usou para o bem” .

      Quanto ao baixo nível de escrita, em minha defesa digo que este blog não é uma tese de mestrado e sim um local para entretenimento e, portanto, devo empregar a linguagem adequada ao meio. Se você não tem consciência disso, é um problema que você deve resolver estudando um pouco mais matérias relacionadas à comunicação. Por outro lado, corrigi um concordância que estava equivocada e por isso peço desculpas.

      No mais, gostaria de agradecer o tempo que você investiu escrevendo seu comentário, reforçando que estou á disposição para sanar quaisquer dúvidas.

  2. Olá! Gostei do texto, desta materia. Sou uma grande admiradora de Getulio e estava em busca de um dos seus discursos para um trabalho da faculdade! Infelizmente os links para os discursos escritos não estão abrindo! Teria como coloca-los novamente/
    Obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s