Erguem-se as taças!

Fim de semana de duas faces. Por um lado, multidões pulando, gritando, sacaneando os rivais. A alegria do campeão. Por outro, o choro daqueles que ficaram pelo caminho, pararam no último passo, morreram na praia. Diante de tantos campeonatos, se faz necessária uma análise breve de Norte a Sul desse Brasilzão sem fronteiras esportivas!

Rio Grande do Sul – INTER CAMPEÃO! 100 anos de clube mereciam um título. Pelo menos um título. Nada melhor do que vencer o maior rival no dia do centenário, eliminá-lo e de quebra poder decidir o campeonato com um time relativamente mais frágil. O Internacional, na final, não teve piedade do pobre Caxias e sapecou 8 a 1. De novo. Pra ficar pra história dos colorados.
PS: Time entre os favoritos para ganhar o Brasileirão.

Rio de JaneiroFLAMENGO TRICAMPEÃO! – No jogo que decidiria quem é o maior pé frio do Rio de Janeiro – Botafogo ou Cuca – o empate foi soberano. Tanto na primeira quanto na segunda partida, empate por 2 a 2. Na disputa por penaltis, Bruno pegou duas cobranças e deu a taça pro rubro-negro carioca.  Ao Botafogo resta lamentar a zica, mais uma vez.

Minas Gerais – CRUZEIRO BICAMPEÃO! – Se alguem apostou no Atlético, depois dos 5 a 1, ou queria perder dinheiro ou esperava um milagre. Como ele não veio, restou a humilhação, pelo segundo ano consecutivo. O time da Toca da Raposa ganhou o campeonato invicto, provou a qualidade do seu elenco e, de quebra, mostrou que um Kléber de cabeça quente ainda é melhor que um time sem Kléber.
PS: Aposto que o Cruzeiro consegue, pelo menos, uma vaga na Libertadores de 2010. Se não brigar pelo título.

Paraná – FURACÃO CAMPEÃO! – Pouco divulgado no Sudeste, o Campeonato Paranaense foi emocionente. Até semana retrasada, o desconhecido J. Malluceli era o virtual campeão. No fim pesou a camisa. O Coritiba bem que tentou estragar a festa no ano do seu centenário, mas só conseguiu adiá-la. Ao Atlético Paranaense restou a paciência e com um convincente 2 a 0 no Cianorte, levou a taça de campeão. O Jotinha, vice-campeão, conquistou uma importante vaga na série D.

BahiaVITÓRIA TRICAMPEÃO! – Pra variar, o campeonato Baiano foi decidido em um Ba-Vi. Carpegiane foi iluminado e levou o arrumado time do Vitória ao tricampeonato. Neto Baiano foi o destaque.
A nota triste coube aos jogadores derrotados, que de fato foram perdedores ao trocar sopapos e catiripapos com os legítimos vencedores. O Bahia, que já foi campeão brasileiro, encontra-se numa péssima fase. Melhor as “mães” e “pais” baianos lavarem o clube com sal grosso, porque a coisa está mesmo feia para os lados da Fonte Nova.

São Paulo – CORINTHIANS CAMPEÃO INVICTO! – Do inferno ao céu. O Corinthians de Felipe, Chicão, Elias e Ronaldo superou-se. Um começo complicado: o empate com o bom time do Barueri veio nos últimos minutos, assim como empate histórico contra o Palmeiras e a vitória igualmente histórica contra o São Paulo,  mostravam que algo estava pra acontecer. Sorte de campeão? Talvez. Nesse momento a Praça Campos de Bagatelli está lotada pelo povo. Pelo povo que voltou a sorrir. Um Ronaldo que voltou a sorrir. Um Mano nos braços dos manos…

PARABÉNS AOS CAMPEÕES!

Agora a parte séria. Campeonato estadual não é medida para Campeonato Brasileiro. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Palmeiras, São Paulo, Grêmio não ergueram taças, mas já começam na dianteira. Cruzeiro e Inter tem bons times e impuseram seu jogo.

Aos campeões, resta festejar e trabalhar. A primeira coroa já foi ganha. Agora ela precisa ser mantida….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s