Roda a Roda

sbt-record

Há quem diga que a televisão já não é mais a mesma. Concordo. A paixão do brasileiro por novelas pode não ter mudado, mas vem diminuindo. O mesmo pode-se dizer do futebol que atrai menos audiência do que outrora. O que se viu no último mês, no entanto, ultrapassa qualquer barreira do que pode ser chamado de mudança. Estamos vivendo uma nova era e, mais uma vez, a História está sendo escrita diante dos nossos olhos.

Tudo começou coma compra do Pacote Olímpico, pela Record. Os Jogos de Inverno de 2010, o Panamericano de 2011 e as Olimpíadas de Londres de 2012 mudarão de canal e serão exclusividade dos bispos. Um golpe profundo no marketing da Globo, que não esperava perder esses três importantes eventos, principalmente os Jogos Olímpicos.

Continuando uma empreitada que mais parecia o estouro da cavalaria, a Rede Record atacou com armas improváveis. Contratou Ana Paula Padrão – sub aproveitada no SBT Realidade. Além disso, fez uma oferta irrecusável à Gugu Liberato e, ao que tudo indica, o futuro sucessor de Silvio Santos vai trocar de emissora. Ninguém nunca havia chegado tão próximo de mudar os domingos no país. A histórica briga dominical sempre teve como protagonistas Fausto Silva na Globo e Augusto Liberato no SBT. O eixo parece estar mudando.

Mas quem pensou que o dono do Baú, da Telesena e dos Produtos Jequiti ficaria em seu Lincoln lamentando a perda do loirinho, estava enganado. Senor Abravanel partiu para o contra-ataque, com uma fúria avassaladora e vai contratar, de uma só vez, Eliana (que retorna ao lar que a revelou) e Roberto Justus – que já tinha acertado com a emissora da Barra Funda a apresentação de outro programa além de O Aprendiz (aos moldes de Show do Milhão). Além disso, profissionais da área técnica estão sendo sondados como nunca.

A Globo, por sua vez, vem fazendo mudanças internas: Renovou  o engessado Globo Esporte e tentar fazer o mesmo com o Video Show. No momento, aposta firmemente em reality shows: estreou Jogo Duro e prepara a volta de No Limite. Não fez grandes contratações e liberou a apresentadora Mylena Ciribelli. Assim como Band e RedeTV! fica apenas observando qual o resultado dessa troca explícita de ofertas e contrapropostas.

O quadro da televisão brasileira fica assim:

  • Gugu (SBT), Mylena Ciribelli (Globo), Ana Paula Padrão (SBT) vão para a Record;
  • Roberto Justus (Record) e Eliana (Record) vão para o SBT;

Quem sai ganhando com essas mudanças? Será que Silvos Santos acertou em cheio levando não só Roberto Justus, mas também as empresas que fazem parte do cartel Young & Rubicam?
E a Record? Vai entrar definitivamente na briga pelo primeiro lugar em audiência, desbancando a Globo em pleno Domingo?

Só o tempo dirá.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s