Qual o sentido da vida?

placa

Para aqueles que passam a vida toda procurando, ou melhor, sendo pagos para descobrir o sentido da vida, peço desculpas. Este texto tem por fnalidade explicar de uma vez por todas essa questão, uma das mais elementares e antigas da História.

O sentido da vida é da esquerda para a direita. Simples assim.

Para aqueles que não desistiram e resistiram à tentação de clicar no X do dicernimento no canto superior, trago aqui a explicação. Tudo não passa de raciocínio lógico aplicado a uma dose de embriaguês Mafaldiana.

A vida começa na esquerda. Quando somos crianças, encarnamos o espírito contestador até as últimas conseqüências. A luta contra o Império não tem fim. É doce que nós queremos? É doce que vamos ter, nem que pra isso seja necessário espernear, chorar e ir todo pianinho se enroscar na saias da avó.  O governo é a mãe/pai que coloca impostos e restrições (a.k.a. tarefas domésticas e apenas um chocolatinho de sobremesa) para dificultar nossa vida. Nós queremos doces. Nós queremos dormir tarde. E ninguem vai impedir.
Claro que nem tudo são flores. A esquerda tem que se contentar em obedecer certas regras, que, claro, serão mudadas assim que assumir o poder (do próprio nariz). Também não podemos esquecer o fato de que a esquerda nem sempre é levada a sério, mesmo quando suas indagações são até coerentes. Convenhamos, ser esquerda não é fácil, mas ao contrário, todos se lembram da doce época de ser esquerda.

Na fase idosa, passamos para a direita. Somos conformistas, saudosistas, e mais outras coisas que terminam com “ista’. Nessa fase estamos no comando. “Minha filha… sua velha mãe precisa ir ao geriatra. Tem como me levar?” E lá vai o povo cumprir os desejos do governo. É nessa fase que se tem o poder de aumentar os impostos, como o ISS de toda uma vida de cuidados. Falando desse jeito, fica-se com a impressão de que é rum ser da direita da vida. Pelo contrário. Todos os erros cometidos já estão devidamente aprendidos e já somos sábios o suficiente para passar para a infância vindoura. Se eles são surdos e tapados intelectualmente, não podemos fazer nada. Ser direita é estar com a faca e o queijo na mão e o melhor: poder abocanhar o pedaço.

No meio do caminho, há uma infinidade de rotatórias, cruzamentos, mudanças de mão e guardas de trânsitos prontos para misturar nossa tragetória. Não se percebe como se vai, onde se vai, porque se vai e o pior: Não se sabe o que comer nesse ínterin. No meio do caminho há pedras. Há pedras no meio do caminho. Pequenas, grandes. doces, azedas, suadas, refrescantes. O céu nem sempre está em cima, assim como a terra nem sempre está embaixo. O vortex do tempo é tão íntimo como a sola do seu sapato é para a sola do seu pé.

E assim se faz o sentido da vida. Da esquerda para a direita.

Obrigado pela atenção.

6 pensamentos sobre “Qual o sentido da vida?

  1. muita palavra pouco sentido. não há, com certeza, clareza nesta explicação.
    muito menos em um número 42. sentido é referente a sentimento (referente a esta questão), não direção de transito. ninguém usa uma calculadora ou um guia de ruas para pensar sobre vida e morte. simplesmente queremos entender, como ser humano, não como máquina. queremos entender par podemos explicar; para “salvarmos” outros desta angustiante questão. da “esquerda para direita” ou “42” não são respostas rasuaveis. e a propósito, é dentro deste complexo de vida, citado no texto acima, que não se entende e se procura o sentido de tudo isso. Por fim, a fé é mais louca que tudo isso, e é ela eu me apego por explicação.

    • Poxa Genivaldo…. fico triste por você não ter entendido o sentido desse texto. Ficou claro também que você nunca leu o Guia do Mochileiro das Galáxias e, portanto, não entendeu a piada do 42. Tudo bem… dá pra perdoar…

      Ninguém usa uma calculadora ou um guia de ruas para pensar sobre vida e morte.” – Mentira…. eu uso. Questão de criatividade

      Boa sorte na sua busca.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s