Você NÃO é a nata. Conviva com isso

O hype do momento é o tão comentado Novo Orkut, que nada mais é do que uma versão recauchutada e maquiada do Orkut tradicional. Essa modificação faz muito bem ao serviço que estava meio frio e desprestigiado, principalmente depois da popularização do Twitter. A grande diferença, na verdade, é que o sistema de convites voltou (assim como era inicialmente) e, portanto, só quem está dentro pode puxar alguem que está de fora. Algumas modificações no sistema de compartilhamento de fotos também foram, mas nada muito inovador.Ok, não sejamos injustos, Nas palavras do Thiago (um amigo muito entendido de Orkut) “alguns recursos BEMMMM ultilzados anteriormento por Javascript associados com greasemonkey, vieram a tona”, seja lá o que isso signifique.

Veja uma prévia exclusiva, diferente da divulgada por todos os portais:

orkut - meu orkut_1257295644959

orkut - Perfil de -┌●Tħiągø●┘-_1257354046890

Outro assunto que causou certa polêmica foi o site de relacionamentos que tem um critério, digamos, subjetivo para selecionar seus participantes. Só são aceitos usuários dotados da mais alta apreciabilidade, ou, em outras palavras, com a lataria em ordem. O Beautiful People.com coloca em xeque e em votação a beleza dos participantes. Os próprios usuários votam em quem deve ou não estar na rodinha. Na verdade, esse sistema é usado em clubes: a foto do sócio é colcoada em exposição e se alguem souber de algum podre em escala judicial do cidadão, ele é impedido de adentrar no quadro de associados. Uma vez dentro, pode vetar a participação de outrem. Justo.

Esses dois exemplos mostram que há uma tendência, e não é de hoje, de se separar o joio do trigo, a nata do leite, as moscas do estrume. Quem é contemplado com uma vaga num grupo seleto, sente-se superior. Quem não é, critica ferozmente os critérios utilizados, os criadores do molde, o Papa, a Rede Globo e quem mais estiver no caminho. Claro, tudo muda se receber o chamado.

Vi muita gente numa corrida desenfreada para angariar convites, não importanto a pessoa para qual mendigam. O Fábio Morróida lançou um retwitt falso em nome do Gravs. Algo do tipo: “Estou distribuindo convites pro Novo Orkut. Só mandar e-amil para XXXXXX“. A Caixa de entrada do indivíduo ficou assim:

caixadeentrada

Mesmo tendo a certeza de que todos os usuários serão migrados, cedo ou tarde, há um faniquito para ser um dos primeiros ou, nas palavras do Thiago: “asisstir o filme na pré estréia“. O nome disso é status. Na definição anedotística (ou não): “Status é comprar uma coisa que você não quer, com um dinheiro que você não tem, para mostrar pra gente que você não gosta, uma pessoa que você não é”.

O status faz de um administrador interno de condomínio alguem mais importante e respeitado do que um zelador. O status é a maquiagem posição social. Nem todo mundo pode ter, mas nem todo mundo precisa ter.

Você não é a nata. Conviva com isso.


4 pensamentos sobre “Você NÃO é a nata. Conviva com isso

  1. Pingback: Twitter Trackbacks for Você NÃO é a nata. Conviva com isso « Ideia Fix [ideiafix.wordpress.com] on Topsy.com

  2. Pingback: Despachos de Domingo « Ideia Fix

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s