Crônica para um campeão

Bruno fez defesas incríveis como Raul fazia naquelas tardes no Maracanã, Léo Moura cruzou bolas na medida como era do feitil de Leandro. Álvaro foi sereno como Mozer e Angelim, o Deus da raça, inspirado em Rondinelli. Falta Juan, que se não tem a maestria de Junior, compensou isso com muita velocidade pela esquerda.

Williams foi o cão de guarda, sempre implacável, seguindo os passos do mestre Andrade, Maldonado marcou na inteligência  como marcava Adilio.

O cérebro desse meio campo foi um Deus, assim como Zico, só que esse veio da Sérvia: Petkovic. Ele teve ajuda de Kléberson para conduzir o a orquesta rubro negra, um Tita da nova geração.

E na frente, Zé Roberto dando grandes passes, ao melhor estilo Júlio César/Lico para o imperador Adriano que como Nunes não perdoa na área. Só faltou o Liverpool.

E o técnico?? Ih… olha o Andrade aí de novo.

Parabéns Flamengo!!

Hexacampeão!!

Quer me seguir?? Entra ai: www.twitter.com/carlaojr

“Na regata, ele me mata, me maltrata, me arrebata.Que emoção no coração!”. Fiel ao hino. Foi assim que o Flamengo conquistou seu sexto título brasileiro. Os rubro-negros passaram o campeonato inteiro chegando, chegando, subindo gradativamente. Como bem disse Juca Kfouri, quebraram mitos, já que contrariando a lenda, foram campeões demitindo técnico, com confusões entre os jogares, atletas que tradicionalmente arrumam encrenca por onde passam.

Mas dessa vez foi diferente. Dessa vez o Flamengo foi maior. Num campeonato instável como esse, assumir a liderança 2 jogos antes do término foi digno de prêmio para timming perfeito. As peças que chegaram ao longo da competição como o experiente Maldonado integraram-se ao grupo, numa simbiose de dar inveja.

Andrade fez o Flamengo jogar como Flamengo. Foi competente ao reciclar o Pet – o Petkovic – e ao saber lidar com Adriano. Controlou os estrelismos de Zé Roberto e o ímpeto de Juan e Bruno. Se a família Scolari era famosa, o que dizer da patriarcalismo de Andrade? Sem ele o título de 2009 não iria para a Gávea.

PARABÉNS FLAMENGO! UMA, DUAS, TRÊS, QUATRO, CINCO, SEIS VEZES FLAMENGO. FLAMENGO ATÉ MORRER!

Siga-me os bons! www.twitter.com/fwtoogood

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s