Carta Tréplica ao Papai Noel

Seu Noel,

Aqui é o Pedrinho. Nem sei por que estou escrevendo essa carta. O senhor é um incompetente. Não é possível que em um ano o senhor não conseguiu chegar na minha casa e entregar os presentes que pedi naquela cartinha que mandei pro senhor em Janeiro. JANEIRO!

A gente arruma o quarto todinho como a mãe pede. Não deixa sapato jogado na sala como a mãe manda. Toma banho (eca) todos os dias. Escova os dentes antes de dormir e faz a maior força pra não comer bolacha antes do almoço e quando pede um mísero brinquedo… nada. Cadê meu PlaySation 3? Hein? Até desisti da bicicleta, pro senhor ver.

Esse ano fui muito bonzinho, de novo. Tanto é que o Coelhinho da Páscoa me deu vários ovos de chocolate muito gostosos. Aliás, se o senhor falar com ele, avisa que aquele esconderijo atrás da cortina, perto da televisão tá muito manjado. Todo ano ele (acha) que esconde lá. Não conta pra ele, mas eu finjo que procuro só para não perder a amizade. Porque se ele começar a miguelar os ovos como você miguela os presentes, eu to perdido!

Mas não pense que eu me esqueci da patifaria que o senhor aprontou comigo. Presentinho fuleiro aquele lá hein? Depois que mandei a cartinha, o relógio do Ben 10 não durou nem 1 mês. Só porque eu derrubei ele da escada e ele saiu quicando pelos degraus (ou degrais… ah.. você entendeu) não quer mais mostrar as horas. Se era pra comprar uma porcaria daquela, eu tinha pedido pro meu pai ir na 25 de março. Achei que os presentes do Polo Norte fossem melhor fabricados. Dá uma bronca aí nos seus duendes…

Na verdade eu sei porque estou escrevendo essa carta. Quero tentar de novo. Vou dar um rédito pro senhor (já ouvi meu pai falando isso… acho que é isso.. “vou te dar um redito”). Vou esperar que dessa vez o senhor atenda meu pedido. Não vou pedir o PlaySation 3. Vou imaginar que ele está em falta no seu estoque. Dessa vez eu quero um iPhone. Pô Papai Noel.. é facinho vai. Já vi um monte no Shopping que o senhor trabalha. Só sair escondido (fala que vai no banheiro) e vai na loja e compra. Não tem desculpa hein!

Quero só ver. Ano que vem eu quero mandar uma cartinha agradecendo meu iPhone e não fazendo mais uma reclamação. Fica esperto dessa vez Papai Noel.

Um abraço carinhoso,

Pedrinho.

3 pensamentos sobre “Carta Tréplica ao Papai Noel

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s