Isso já foi sucesso

A moda é tão pasageira quanto um resfriado. A velocidade com que algo entra em moda e depois é jogado para o limbo da memória equivale a fama de um Ex-Sem Saída (ninguém lembra desse programa com o Márcio Garcia, né?). Num sexta-feira a noite, sem nada de mais útil para fazer, comecei a revirar o grande baú de naftalina que é o Youtube e pesquei alguns clipes que, vocês vão ter que acreditar, já foram febre, sucesso entre a molecada (já posso ser redator do Jornal Hoje, não é?).

Começaremos por uma banda de um só sucesso. O P.O. Box SÓ teve Papo de Jacaré. Tem que ser MUITO fã para lembrar qualquer outra música dos caras. BTW, o vocalista, na foto do clipe abaixo, é a cara do Zeca Pimenteira, do Zorra Total. No mais, eu vou bater uma real. Essa música tem uma poesia só dela. Suburbana, latino-americana.

Se você tiver estômago para continuar, saiba que o próximo clipe é uma bomba. Uma não. Várias bombas. O movimento é sensual, mas o cabelo do integrante do grupo BragaBoys não é. Até o Cumpadi Washington consegue ser mais sensual que isso.
Um detalhe que eu só reparei na terceira vez que ouvi essa, hã… produção. O vocalista tem um probleminha de dicção e canta: “e os MAMANJOS se joga, bomba” (1:46). Nada que estrague a obra-prima. Tem até comunidade para o ” uma mão vai na cabeça” (dica da @larifantazzini)

Pelo menos o clipe termina (sim, ele termina!) com o apelo de todos os que o assistem: ” E acaba, e acaba, e acaba, acaba acaba logo“. Ah, alguem pode me explicar o que são so momentos 1:13 e 1:27?

Depois de um monte de marmanjo suado e sem camisa (e com os cabelos cuidados pela Paulo Bonfá Ringling Brothers Capillar Consultants), vamos mudar de gênero, mostrando uma pérola de As Meninas. Afinal de contas, o que significa a expressão ” Bomxibom bombom”? Independente disso, as músicas continham letras com uma conotação bastante politico-social, o que é difícil de imaginar num grupo de axé. Geralmente, esse gênero prioriza a bunda e não o cérebro. Claro que As Meninas também rebolavam, e muito, diga-se de passagem, mas uma letra com “O rico cada vez fica mais rico e o pobre, cada vez fica mais pobre” é pra se pensar. Talvez o charme esteja em criticar o situação e balanaçar a busanfa ao mesmo tempo. Antagonismo que rendeu algumas milhares de cópias vendidas.

Note que o clipe contém algumas cenas da mais alta bizarrice. Freiras dançando e alunos com falta de sincronia na sala de aula. Além da beleza das integrantes do grupo, que deve ser notada. Genial. Onde elas foram parar?

Pata terminar esse texto, um sertanejo. Sandro e Gustavo fizeram bastante sucesso há alguns anos, até que um deles acabou falecendo devido a um câncer. A dupla se desfez, mas deixou em seu legado uma jóia que é a música Garagem da Viznha. Talvez seja a canção com mais “duplo sentido” da história da música.

Não achei o clipe original, portanto, serei obrigado a postar aqui uma versão alternativa, lá de Portugal. Ela não muda em nada a essência da música. O carro continua dentro e cocos de fora. Se não der pra usar a garagem da frente, usaremos a do fundo. E assim por diante:

O que todos esses clipes tem em comum? O refrão. Os quatro clipes que eu mostrei logo acima tem um refrão de fácil repetição (rima involuntária) e que é cantado várias vezes. O refrão gruda no subconsciente e você acaba compelido a travar o botão repeat do cérebro. Disse no Twitter que, na manhã de sábado, acordei com ressaca cultural, já que fui obrigado pelos ossos do ofício a assistir essas pérolas mais de uma vez.

Tocando em rádios e em programas de televisão, essa minha ressaca cultural acaba disseminada para as massas, causando sucessos meteóricos, mas que no fim não se sustentam. Todos os grupos acima sumiram, se desfizeram…. É difícil de crer, mas isso já foi sucesso.

PS: O rapaz do último clipe é um talento nato. Cidadão corajoso. Não e fácil pagar um mico desses e saber que já foi visto 893.440 vezes

12 pensamentos sobre “Isso já foi sucesso

  1. Pingback: Tweets that mention Isso já foi sucesso « Ideia Fix -- Topsy.com

  2. Eu tenho vergonha de mim mesma porque cliquei pra assistir a esses clipes. Sessão Duvidosa. Argh. Depois eu mostro procê o que já garimpei nas minhas iutubadas.

    PS: Aqui em casa chamamos o Xibom Bombom de “axé com crítica social rebolativa”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s