Poker animal

Faz tempo que não falo de artes plásticas aqui o blog. O quadro que escolhi para reinaugurar – ou reabrir – a GIFA (Galeria Ideia Fix de Arte) é uma pintura, desculpe o trocadilho infame, boa pra cachorro. O nome do quadro é Friend in Need, porém é MUITO mais conhecido aqui no Brasil como Cães Jogando Poker. Na verdade, o nome em português é auto-explicativo, como vocês verão abaixo. O autor da obra é Cassius Coolidge.

Já Dogs Playing Poker é o nome da série de 16 quadros do mesmo autor, mostrando cachorros em situações humanesca, a maioria delas jogando cartas (símbolo de homens bem sucedidos, na época).

Vamos analisar vários aspectos dessa obra de arte. O primeiro, que salta aos olhos é: CÃES JOGANDO POKER? WTF? Esse detalhe pode ter uma conotação psicológica: o homem transforma-se num animal quando quer a vitória, quando há competição, disputa. É a natureza. Repare que os cães são de raças diferentes – grandes, pequenos, gordos, magros, peludos, carecas – assim como os humanos.Por outro lado, é impossível saber se o quadro representa cachorros machos, cachorras fêmeas ou um grupo misto.

Pode ser também que o autor tenha achado que seria uma boa idéia, além de muito bonitinho, colocar cães sentadinhos jogando cartas, como se fossem gente. O nome culto para isso é antropomorfose. A antropomorfose é muito comum no mundo da arte. Posso citar inúmeros exemplos, começando por Pateta e Max (do clássico jogo Sam and Max), só para não sair do reduto canino. Ambos andam como humanos, falam como humanos, comem como humanos, talvez até façam aquela mijada como humanos.

O relógio marca 1 hora é 10 minutos. Acredito que seja da manhã, até porque a madrugada tem muito mais clima de jogatina. 1 da tarde é hora da soneca canina, após o almoço, com o jornal largado por cima da cara, ou fucinho, como queiram. Em primeiro plano, o baixinho folgado, de charuto semi-fumado, passa discretamente um Ás para seu companheiro. Porque ele faz isso, já que o lógico é guardar as boas cartas para si? Alternativa A) Ele tem uma dívida de gratidão com o canino-cidadão B) Combinaram de dividir os lucros no final C) Vai cobrar o favor do parceiro depois. Curiosamente são os que tem mais fichas.

Repare também que dos 7 animais presentes, 5 tem suas coleiras visíveis, o que nos faz supor que tenham donos. Outros 2 não as tem visíveis. Isso significa que eles podem ser os donos da casa  – se cachorros podem jogar poker, por que não podem ter uma casa? Levando em conta essa opção, acredito que o cachorro cinza, peludo, sentado pachorramente à esquerda seja o dono da residência. Ele parece despreocupado, como se a mão fosse excelente e a noite estivesse apenas começando.
Já que são cachorros antropomorfológicos, podemos entender a coleira como os empregos, os chefes, as contas e os problemas. A maioria tem essas coleiras, mas sempre tem um ou outro que consegue se livrar disso.

Pena que cachorros não podem jogar poker. Todas as boas mãos são denunciadas elo inconfundível balançar de rabo.

2 pensamentos sobre “Poker animal

  1. Pingback: Tweets that mention Poker animal « Ideia Fix -- Topsy.com

  2. Pingback: Trackback

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s