Despachos de Domingo

—> A Biblioteca Chico Leme está na lista dos lugares que eu mais admiro em Itatiba. Não é pela beleza arquitetônica do prédio ou por ser um centro ultra moderno de conhecimento. Na verdade, é exatamente o contrário.

A biblioteca tem um acervo razoável e bastante variado. Talvez você não encontre tudo o que procure, mas certamente não te faltará leitura. Só é necessário um pouco de paciência para garimpar entre as prateleiras.

Paradoxalmente, falta espaço para armazenar livros, tanto é que há uma bancada destinada a doações. Além da coleção quase completa da Revista Nosso Século, essa semana eu tive a sorte de achar a coleção o Tempo e o Vento quase completa (faltou o Arquipélago I), além da biografia do Ghandi. Além disso, agora sou um feliz proprietário de uma edição de Dom Quixote e outra de Olga. Se fossem novos, esses livros custariam mais de 150 reais facilmente.

Já até trocaram a biblioteca de lugar, instalando-a num prédio de 2 andares, sendo 1 destinado a pesquisa escolar (com computadores com acesso a internet) e 1 para livros me geral. Como não faz muito tempo que isso aconteceu, certamente não está nos planos da Prefeitura fazer nova troca. Uma solução é abrir uma “filial” em algum bairro mais afastado, como o Nações ou mesmo o São Francisco. A população agradeceria.

—> Alguns muros de Itatiba estão há séculos pixados com frases revoltadas contra a Rede Globo de Televisão.

Já deveria ter feito isso a muito tempo, mas acabei deixando passar. Em função disso, não temos mais nenhum registro de um clássico, o famoso “As novela da Globo só tem gay, “sapatão” e viciado!“. Essa semana rebocaram o muro que ostentava essas palavras. Uma perda irreparável.

Felizmente, consegui guardar para posteridade outra frase, dessa vez em relação ao criador do grupo Globo de Comunicação. A frase é: Jta Roberto Marinho é um mercenário safado! Então tá né? Só que ele não está vivo para se defender.

—> Acompanhei a Campus Party Brasil pela internet. Consegui ver algumas palestras pelo canal de televisão oficial do evento. Tudo bem que a imagem e o som estavam picontando bastante, mas até que deu pra entender algumas coisas.

Na palestra sobre Blogs e Esporte (Com o Rica Perrone, Thiago Leifert e Marília Ruiz), uma dos tópicos abordados foi a cobertura da Copa do Mundo de 2014. Foi dito que no fim de 2010 já será possível acompanhar jogos, no cinema, com tecnologia 3D. Em 2014, é possível que já possamos ter um desses em casa. Imagina só? Poder xingar o juiz direto na orelha dele?

Quem sabe se, no ano que vem, não poderei estar ao vivo, presente, como um verdadeiro campuseiro? Até porque, essa é a maior graça do evento. Transportar pra vida real, tudo aquilo que é discutido através de posts, Twitter, podcasts, videocasts…

A única cobertura decente foi da TV Cultura. Mostrando todas as áreas e falando um número mínimo de besteiras. Merece uma salva de RTs….

—> Manchete da Semana: “Depois de Robinho e Giovanni, Santos tenta contratar Pelé” – Caramba… aí já estão apelando. Covardia…. Vão chamar quem mais? O Pepe?

—> Confirmado: A televisão não sabe falar de internet. Matérias nojentas, mostrando um lado totalmente modificado e alienado de quem gosta e trabalha com blogs/tecnologia.

Dizer que são estereotipadas já é uma espécie de esteriótipo, mas é bem isso que acotece. O lado mágico da agilidade, encurtamento de distância, troca de ideias sadias e inteligentes é substituido por luzinhas piscantes, o encatamento das crianças diante de computadores da área de moding e outras babaquices que só deixam o telespectador com a impressão de “É… eles são estranhos mesmo. Olha lá querida, o tamanho do óculos! Deve passar o dia inteiro vagabundeando na internet“.

Engraçado que a recíproca não é verdadeira. Há excelentes colunistas de televisão em vários portais. Muito melhores que o TV Fama. O que não é tão dificil assim, cá entre nós.

—> Dicas de Vídeos:

Globo descendo a lenha no Programa do Ratinho, através de matéria no Jornal Nacional. Bom lembrar que, nessa época, o Ratinho dava trabalho pra emissora dos Marinho, arrancando preciosos pontos de audiência. A matéria parece ter sido um contra ataque, bem ao estilo Globo.

Um tour virtual pelo circuito do GP Brasil de Formula Indy. A única situação na qual se consegue andar na Marginal a 300 km/h.  Só acho que eles exageraram nas árvores…

—> Estava em um MSN Group com o pessoal da comunidade da Roma no Orkut e alguem falou que o Maxi Lopez (ex-jogador do Grêmio) tinha mandado um telegrama pro clube gaúcho.

“Os Correios AINDA oferecem o serviço?” – foi a minha pergunta espantada. Fui conferir no site e sim! Os Correios ainda mandam telegramas!

Agora o preço é por página e não mais por palavra. Elas vêm acentuadas e pontuadas. Bem mais decente de ler.

Quem diria que época de tweet via celular, ainda teríamos o bom e velho telegrama como opção. E por “somente” R$ 5,80. Vou repetir: CINCO REAIS E OITENTA CENTAVOS.

Vai ver que é por isso que ninguem lembra do pobre coitado.

—> Terei aulas, mais uma vez, com a única professora que dá aulas de Matemática sorrindo.

Não deixa de ser diferente. É um incentivo psicológico sutil, que acreditem ou não, faz diferença.

Ela também sorri nas provas, e então parece que ela está tirando sarro. Mas é só impressão. Eu acho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s