Sociedade Adestrada: Quantos truques você já sabe?

O ser humano é dito como o ser superior, o topo da cadeia alimentar (pergunte o que os mosquitos acham disso), aquele que tem o telencéfalo altamente desenvolvido e os possuidores do polegar opositor. De fato, não há espécie no mundo capaz de inventar tantas maneiras suficientemente diferentes para acabar com a própria existência. Tá, ok, não sejamos injustos: A arte e a literatura também fazem parte de nosso universo exclusivo.

Entretanto, é curioso como alguns seres humanos conseguem subjugar outros seres humanos, com ou sem o uso da força. Se o cidadão baixou o cassetete e conseguiu impor-se, tudo bem. Os animais selvagens também o fazem, obviamente sem cassetete. Mas e aqueles homo sapiens sapiens que são suficientemente persuasivos a ponto de reunir multidões em torno de seus próprios objetivos?

Peguemos um exemplo trágico. Vejamos a história do reverendo Jim Jones:

Jonestown era uma comunidade comandada pelo reverendo. Perceba que o nome escolhido já revela um traço de prepotência e afirmação do verdadeiro líder do local. Jones conseguiu reunir ali cerca de 900 pessoas, que compactuavam com seus ideais. Convenhamos, a maioria das pessoas reunidas em Jonestwon eram de marginalizados pela sociedade e encontravam na lavagem cerebral lá realizada nos discursos intermináveis do reverendo as palavras que procuravam.

Depois de denúncias, o Governo começou a pressionar e Jones chegou ao extremo: pediu que todos os seus fiéis bebessem um suquinho contendo cianeto. Grande parte das ovelhas, digo, fiéis ingeriu o veneno, sem antes forçar aqueles que se recusavam. Isso já havia acontecido uma vez, porém, como um alarme falso. Naquele  18 de novembro de 1978, no entanto, era tudo de verdade.

Ah, claro… Jim Jones meteu uma bala nos miolos e passou dessa pra melhor.

Como eu disse, o Massacre de Jonestown é um caso trágico e extremo, mas mostra até onde pode chegar a influência de poucas pessoas sobre muitas pessoas. Pensemos a nível de Brasil (sic). As novelas ditam tendências de cortes de cabelo (pra dizer o mínimo). Programas humorísticos enfiam goela abaixo bordões exaustivamente repetidos. Programas esportivos exaltam um perna de pau e execram o que poderia ser um futuro craque. São exemplos que mostram o quanto a sociedade é fácil de ser manipulada.

Pensando nisso, você já sabe quantos truques aprendeu?

E sim.. o post é curto porque não quero ser mais demagogo do que o próprio assunto do texto já propõe. Agora é a hora que você para e reflete sobre aquilo que eu disse acima e julga se as palavra que você leu fazem sentido ou não.

Se você já concordou sem pensar, parabéns! Acabei de te ensinar um novo truque.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s