Esse emprego eu queria ter… por não mais que 24 horas

“A grama do vizinho é sempre mais verde”,  já dizia o velho e surrado ditado. Outros preferem pensar que a mulher do vizinho é que é sempre mais gostosa, mas não importa o ativo do próximo… a impressão que fica que é as coisas dos outros são sempre superiores as nossas. Você, recepcionista, já deve ter imaginado como é ter o emprego do patrão. “Ah… se fosse eu, já teria baixado esse preço. Já teria demitido a Veltrana (que é irmã da Beltrana, sabe?)… e eu nem sei o que eu faria com aquele salário todo”

Eu também penso desse jeito. Observamos outras pessoas e imaginamos como deve ser desempenhar aquela função todo dia. Listei abaixo aqueles empregos que eu gostaria de fazer um test drive, nem que seja por apenas 24 horas:

1) Agente Funerário – Esse é o tipo de profissional que você nunca espera contar, mas sabe que um dia vai acabar precisando. O Agente Funerário desempenha várias atividades, todas ligadas, obviamente, com um funeral. Não deve ser particularmente agradável ter que lidar com aquelas mães desesperadas que perderam um filho/filha num acidente automobilístico, mas são ossos do ofícios. Ter que arrumar corpos de pessoas falecidas também não é agradável a uma primeira vista, mas é sempre importante lembrar que você pode cutucar a vontade que o cliente não vai reclamar.
O encantador (é… encantador) na profissão é a parte filosófica da coisa: o que aquela pessoa já viveu? Quem ela conheceu? Quais os segredos vão com ela à sete palmos abaixo da terra?

2) Bombeiro – Gostaria de ser bombeiro por um dia para experimentar toda a adrenalina que a profissão demanda. Quem já é experiente está acostumado com diversas situações, mas nunca deixa de sentir um friozinho na barriga cada vez que um chamado chega na base. Contudo, os mais experientes usam essa energia extra – se é que podemos chamar assim – para os resgates, sem afobação. Canalizar da forma correta só com treinamento e mais treinamento.
Imagine só a agonia de desenterrar alguem dos escombros tendo em mente que a único empecilho entre a vida e a morte dessa pessoa e justamente a sua capacidade. A vida de milhões de pessoas está em suas mãos. Quer mais responsabilidade que isso?

3) Executivo do Google – O Google é uma das marcas mais fortes do mundo. Cresceu exponencialmente na última década e um dos segredos é a maneira como trata seus funcionários. A sede do Google é um paraíso, onde se pode jogar sinuca, totó/pebolim, há espaços para dormir… e sim… tem uns lugares que você pode trabalhar. Além desse fator, há também que se levar em consideração que o Google está, geralmente, na vanguarda das invenções e inovações. Algumas podem não dar muito certo – como o Buzz e o Wave – mas são tentativas válidas. Só pensar na explosão de popularidade do Orkut para você ter uma ideia do que estou falando. (sugestão da @mapanassi)

Essa matéria de uma emissora argentina – Noticiero de Television de Canal 13 de Buenos Aires , chamado de TELENOCHE e para o canal a cabo Todo Noticias TN – faz um passeio por dentro da empresa. Vai dizer que não dá vontade de receber um salário pra faz isso?
PS: Reparem em Markus Mok. Alguem, por favor, pede para que ele venha trabalhar de sandália, MAS SEM MEIAS? Grato.

4) Jogador de Futebol – Todo moleque, quando criança, sonha em ser astronauta, caminhoneiro e jogador de futebol. Geralmente, o primeiro não passa de um sonho, o último de destino e o do meio de uma completa falta de opção. Ter o nome gritado pela torcida, marcar um gol em estádios históricos, ganhar títulos… isso tudo encanta na profissão. Até a questão da derrota seria interessante experimentar… (sugestão do @Narrador_10)

E você aí leitor… já pensou nas profissões que mais lhe deixam curioso? Talvez obstetra? Ou quem sabe físico nuclear? Professora de colégio interno? Diga aí nos comentários e vamos descobrir juntos quais as profissões que mais causam curiosidade!

5 pensamentos sobre “Esse emprego eu queria ter… por não mais que 24 horas

  1. Haha, mandou bem. Executivo da Google seria uma ótima ideia, mas nunca consigo pensar em coisas tão interessantes assim. Eu ainda fico com o meu trabalho na esquipe recreativa de um hotel numa ilha paradisíaca. É lógico que no hotel eu trabalharia por mais tempo, mas aguentar crianças gritando e chorando por mais de 24h é demais !

    Ah, um simples observação. Essa parte do texto sobre o agente funerário me deixou encucada OO’
    “(…) é sempre importante lembrar que você pode cutucar a vontade que o cliente não vai reclamar”

    • Ilha paradisíaca é legal.. mas tme que ser com os amigos… sozinha perde um pouco da graça…

      E quanto a observação… hahaha… Se o cliente reclamar, minha única sugestão resume-se a um conselho: CORRE PORRA! CORRE QUE É ZUMBI.

      Pense nisso

  2. Esta questão de emprego dos sonhos é bem complexa. Agente Funerário é algo que não ficaria nem uma hora, não gosto de filosofia muito menos de mortos. Bombeiro por um dia seria interessante, arriscado, mas interessante. Executivo do Google é o emprego. Trabalhar onde, quando e de que maneira quiser. Gostei muito da sugestão do @Narrador_10 gostaria de estar do outro lado (jogadores) deste esporte chamado futebol. Qual será o gosto de dar um título a mais de 40 milhões de torcedores?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s