3 anos e 621 posts depois…

Start spreading the news… nada data de hoje encerra-se a temporada 2009/2010, disparadamente a melhor que este blog já teve. Tudo bem que não foram muitas, mas sem dúvidas, esse terceiro ano foi recheado de surpresas e conquistas que dificilmente serão batidas nos 365 dias que virão. A remuneração financeira ainda não veio, mas fica a certeza que nada paga tudo o que eu vivi no comando dessa espaço, no canto mais brega da blogosfera.

Posso começar justificando as palavras acima dizendo que ultrapassamos a marca de 392 mil visitas. É pouco, considerando que blogs muito mais novos (e melhores) que o meu atingem, sei lá… 50 mil visitas diárias, 100 mil visitas diárias. Por outro lado, é encorajador perceber que a média de público, que dificilmente ultrapassava as 400 visitas diárias, hoje já atinge 600, 700 com certa facilidade. O número de comentários, por sua vez, ultrapassou (recentemente) 4.000.

Esses números não significam nada quando aparecem assim, soltos. Contando com a poderosa aliança com meu Twitter (me siga por lá!), fiz novos amigos (um abraço a Luciana, do Batata Transgênica, a Cristiane, do Rato de Biblioteca e a Débora Capella, do Deh Reloaded) , reencontrei outros, reforcei laços com os antigos. Mais do que números, são nomes, pensamentos, experiências de vida, visões que só acrescentaram no meu modo de encarar o mundo. Agora sim eles tem um significado.

O ramo de conquistas pessoais foi o mais abastecido nesse período. Parece que todas as coisas legais, emocionantes e relevantes esperaram para acontecer nesses 12 meses. Por exemplo: Foram 3 encontros com artistas. Mas não qualquer artista. Tinha que ser alguém que representasse alguma coisa para mim e, como já estou ficando acostumado, sejam desconhecidos do grande público. O primeiro foi o José de Vasconcelos – o mais emocionante e filosoficamente profundo. Alguns meses depois encontrei com os jogadores do time de Masters do Corinthians e do Palmeiras. Por fim, troquei algumas palavras com o escritor e jornalista Zuenir Ventura. Encontro registrado na inédita foto abaixo.

Porra enquadramento!

Surpreendente mesmo foi um comentário que recebi em fins de setembro. Era a Mayara Jordana, jornalista do Diário da Manhã, da gravadora disfarçada de estado, de Goiânia. Ela queria que eu participasse de uma matéria que ela estava escrevendo sobre mentira. O convite foi motivado pelo texto “Minta e seja convincente em 7 passos“. Prontamente aceitei. Fiz um recorte com a parte que sou citado (já que a matéria foi de página inteira) e você pode ler com as letras num tamanho de gente clicando na imagem. Fiz também um post com a entrevista completa.

Por fim, o evento mais relevante desse período. A participação, tuitando e blogando ao vivo, do palco do Teleton 2009, foi a experiência mais intensa que já tive. Tudo estava acontecendo na hora, sem pausas, sem intervalos comerciais. Tanto na bancada quanto no lounge, vi muitas coisas engraçadas, impressionantes, emocionantes. Destaco, entre elas, acompanhar pertinho do placar a virada do primeiro milhão. Como escrevi na época, era a solidariedade se materializando na minha frente. Outro ponto que eu destaco quase um ano depois foi a logística armada para comportar aquela festa. Quem acompanha pela televisão talvez não tenha noção, mas são inúmeros profissionais trabalhando em diversas áreas completamente diferentes. Estruturas que vão muito além do palco e demandam muito mais que cérebros e braços…

Promessas

Virou tradição essa prestação de contas das promessas feitas ano passado. E também já é tradição que eu cumpra todas elas. Veja, por exemplo, a que dizia sobre “reforçar a presença do blog em Itatiba”. Demorei um pouco para encontrar a forma correta de fazer e acabei decidindo utilizar os Despachos de Sábado e Domingo. Nessa série eu posso falar, rapidamente, de vários assuntos que não precisam ter uma correlação. É espaço suficiente para criticar o que não está certo aqui em Itatiba e elogiar tudo aquilo que merece palavras de apoio. “Tiro no árvaro

Quis também inovar nos formatos. Pois é… aí foi mais complicado, mas consegui cumprir. O videocast do Teleton não ficou lá aquelas coisas. Puramente experimental e improvisado, inclusive a porcaria da câmera do celular. Esperem em comprar meu iPhone 3Gs e aí só precisaremos nos preocupar com a qualidade do apresentador do videocast…

Não sei o que prometer para esse ano. Minhas ambições com esse blog chegaram num nível tal que eu acabo arriscado a ser muito otimista ou subestimar as capacidades. Acho que o certo, nesse caso, é tentar manter tudo o que foi feito nesses 3 anos, ou seja, convidar mais pessoas para escrever esporadicamente aqui (como fizeram a talentosa Mariana Belinotte e o sagaz Dhiego Luigi), aumentar minha relevância em Itatiba, realizar outras matérias presenciais e ser mais ousado em novos formatos.

O quarto ano vai começar…

Eins, zwei, drei

Começou.

9 pensamentos sobre “3 anos e 621 posts depois…

  1. assim.. não querendo ser chato… mas, vc foi sozinho no teleton? hehe..

    e nenhuma opinix merece destaque? tsc tsc.. e a matéria do ônibus?

    esse blog já não é mais o mesmo… hahahaha

    PARABÉNS PARA NÓS!

    • Obrigado Fábio…

      Quanto ao Teleton, foi graças a um comentário do @Alessandro_M. Ele disse que uma pessoa precisava de blogueiros para uma ação do Teleton. Pra mandar e-mail para ela. Eu achei que fosse alguma campanha de divulgação e mandei o email. Aí recebo a resposta com a bomba. Fiz contato telefônico com ela e acabmos conseguindo até motorista exclusivo pra ir pra lá… Coisa de doido!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s