Ao mestre com carinho

O dom da comunicação é para poucos, seja ele expresso no jornal, no rádio, televisão ou internet. E feliz aqueles agraciados com esse maravilhoso dom.

As rádios de interior neste país revelaram e revelam grandes nomes para os grandes centros, exemplos de Fausto Silva que saiu de Campinas para ganhar o Brasil com seu Domingão ou Osmar Santos, nascido em Marilía e que revolucionou a narração esportiva.

Existem aqueles que por circustâncias do destino ficam “esquecidos”, mas sem serem menos importantes para a comunidade onde vivem.

Esse foi o caso de Osmar Dalcin. Radialista por paixão, dedicava horas intermináveis do seu Programa Osmar Dalcin (líder de audiência aqui em Itatiba) a ajudar essa cidade que ele tanto amava. Muitos bairros tiveram voz através dele e muita gente importante da cidade fazia de seu programa uma verdadeira tribuna.

Eu (Carlão/Junior/Ju) tive o prazer de trocar algumas palavras com ele e de ver sua paixão em empossar um microfone e soltar a sua voz.

Já eu, Frank, tive um momento bastante interessante. O jornal da  ETEC Rosa Perrone (tantas vezes já citado nesse blog) pediu patrocínio para a CRN para que pudéssemos imprimir a tiragem do mês. Ele não nos deu dinheiro. Nos deu algo muito mais valioso: oportunidade. A oportunidade de participar, ao vivo, do programa matutino. Foi uma experiência única, que jamais será esquecida.

A cultura e o esporte itatibense também devem muito a ele, pois, através dessas ferramentas, acreditava que podia contribuir para o bem de toda uma cidade, cidade essa muitas vezes esquecida pelo seu poder público.

Apesar de opções profissionais duvidosas que acabaram por prejudicar o seu futuro político, ele sempre foi um guerreiro, mas infelizmente a morte o venceu.

Obrigado Osmar por ser uma referência de cidadão e comunicador para mim que escolhi essa carreira e para o Frank que escolheu Itatiba para viver.

E os microfones, agora, se fecham em luto e com saudades.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos.

Carlos Lemes Jr e Frank William Toogood

Divulgação/CRN

Osmar Dalcin (à esquerda) com Beto Dias

Osmar era bugrino fanático.

Update: O velório acontece nesse momento (noite de segunda feira, 24 de janeiro) no salão nobre da Câmara dos Vereadores, Palácio 1º de Novembro. O sepultamento será realizado terça-feira, dia 25, no Cemitério da Saudade.

13 pensamentos sobre “Ao mestre com carinho

  1. Pingback: Tweets that mention Ao mestre com carinho « Ideia Fix -- Topsy.com

  2. obrigado osmar daucin por vc ser um homem q ajudou tanta gente e nunca soube dizer não as pessoas e sempre dizendo sim adeus osmar daucin ai de cima vc ólhe por nós aqui na terra saldade vc deixou mais nunca vou te esquecer meus pezames ass:joana

  3. Carlão e Frank, linda homenagem! Vamos sentir muita falta! A perda é grande e geral: a família, os amigos, os admiradores, e, infelizmente, Itatiba. Que ele descanse em paz! Bjs

  4. Tenho certeza de que o nosso amigo Osmar Dalcin, está descansando em paz, porém bastante magoado. Devemos aproveitar esse momento para refletir, não sobre as opções profissionais duvidosas que ele fez, mais sim, sobre a falta de lealdade de que foi vítima, por parte de muitos com quem conviveu.
    Sem dúvida, é importante para seus familiares verem a Câmara Municipal de Itatiba lotada de pessoas, repleta de flores, já sabendo que nos próximos dias, algum político irá propor o nome dele para uma rua, parque ou prédio da cidade. Porém, tenho a certeza também de que, se tivesse recebido apenas um pouco mais de lealdade em vida, teria partido muito mais feliz.
    Assim como tantos outros, o nosso amigo Osmar Dalcin, não foi vítima dos gritos dos maus, mas sim do silêncio dos bons.

  5. Valeu Osmar! Descanse em paz. Deixará muitas saudades!

    Queria destacar aqui a falta de consideração dos meios de comunicação Jornal de Itatiba e ITV. No JI, só uma notinha na 1ª e na última página; na ITV, só uma reportagenzinha de 30~40 segundos. Deplorável.

  6. É claro que eu tenho algum evento da minha vida relacionado a Osmar Dalcin.
    Um dia nos meus idos 12 anos, minha professora de ballet chegou com uma proposta pra nós. Uma vez por ano, era realizado na sede social do IEC, um programa especial do Osmar Dalcin, onde os ouvintes iam até lá e assistiam o programa ser feito, os cantores da região apresentavam suas musicas. A proposta que nos foi feita era de irmos dançar, não apenas as nossas coreografias, mas tambem o que tocaria no programa.
    Me lembro que foi uma tarde diferente, inesquecivel para todas nós. Me lembro da sensação, de algumas meninas tomando Turbaína pela primeira vez, das musicas que dancei, do rosto e da emoção do público ao verem provavelmente pela primeira vez uma coreografia de ballet, uma bailarina.
    Obrigada Osmar Dalcin pela oportunidade.

    Hoje, sendo amiga de uma de suas netas, a notícia me deixou ainda mais triste.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s