Quando o futebol NÃO é o assunto

Eu gosto de esportes. Posso não ter a forma física ideal  – AINDA  – para praticar com afinco e dedicação (como se essas duas palavras não fossem sinônimos), mas gosto de acompanhar a maioria deles. Obviamente não me considero um especialista, mas com um razoável entendimento do todo. Natação, curling, vôlei, atletismo, bobsled, F1, levantamento de copos… procuro entender como funciona a dinâmica do jogo, até para vibrar quando o ponto (ou objetivo, sei lá) é alcançado. Talvez eu só não consiga entender a Luta Greco-Romana Olímpida, uma vez que não me agrada o fato de ter que lidar com ovos sendo esfregados na cara. Bom… cada um tem um talento, né?

Digite “luta greco romana” no Google Imagens e divirta-se!

Mencionei que gosto de futebol? Esse, por motivos socialmente aceitos, é o que eu mais acompanho. Mas o assunto aqui NÃO É FUTEBOL – coisa que você já deve estar desconfiado, uma vez que o título desse texto dá alguma pista, bem escondida e criptografada, na verdade.

Quando o assunto não é futebol, o povo brasileiro costuma apenas lembra que outros esportes existem quando acontece um evento muito singular e específico: a vitória. E da Terra Papagallis. Se perde, não presta. Não é digno de nota, de apoio.

Veja o basquete masculino. Pouco se falou sobre a contratação do Rubens Magnano, sobre o que está acontecendo com Nenê e Leandrinho, a renovação do elenco… Quando ganha da Argentina e se classifica para os Jogos Olímpicos, é comoção geral e a medalha vira obrigação.

Caso oposto é o do tênis. Quando Meligeni (vá lá, o Fininho tem seu méritos) e principalmente Guga faturava Roland Garros atrás de Roland Garros, era o Brasil o país da bolinha amarela. Hoje, sem Guga e Fininho, entende-se como uma vergonha estar na “segunda divisão”. Ninguém compreende que o talentoso Bellucci e o esforçado Mello não podem ter a responsabilidade de colocar o Brasil no topo do ranking. Agora… incentivar a formação de novos atletas ninguém incentiva, né? E outra: por onde anda Jaime Oncins?

Outras situações para você pensar:

Na Fórmula 1 o Rubinho é péssimo piloto ou chorão. Ou as duas coisas. O Massa é produto da Globo. O Bruno Senna só corre por causa do sobrenome. E o Nelsinho Piquet é melhor nem comentar. Já quando ganha, todo mundo é lindo, maravilhoso, pilotos fantásticos…

Corrida de rua resume-se a São Silvestre. A televisão pode até transmitir outras provas, mas só ganhando a última corrida do ano para ter reconhecimento – afinal, venceu os “imbatíveis e terríveis” quenianos.

Handball? O que é handball?

Em suma (puxa, eu já tinha feito uma nota mental para não repetir esse termo), acredito que o grande problema não é a falta de torcida/patriotismo – já que cada um é livre para gostar do esporte que bem entender –  mas a falta de critério para definir o grau de cobrança pelas vitórias e a respectiva decepção pelas derrotas.

Eu PRECISAVA postar mais uma imagem dessas!

A Seleção de Luta Olímpica fechou a participação no Mundial de Istambul ganhando apenas 2 lutas. Vergonha? Decepção? Claro que não. É apenas o reflexo da toda uma política esportiva que simplesmente INEXISTE, e não é de hoje.

As estatais SÓ patrocinam o esporte de alto rendimento. As escolas e universidades não tem força para se unir e criar Ligas Estudantis regionais, estaduais, nacional. O esporte ainda é visto como uma alternativa para “vencer na vida” aos que não podem ter uma formação escolar adequada. Ou seja…

TÁ TUDO ERRADO.

As sugestões para mudar essa realidade estão dadas acima, mas ao contrário. Sem isso, vamos continuar cantando aquela velha e surrada música do “eu sou brasileiro… com muito orgulho… com muito amor“.

Isso se o placar for favorável, claro.

2 pensamentos sobre “Quando o futebol NÃO é o assunto

  1. Pingback: Quando o futebol NÃO é o assunto « Ideia Fix | ZiiPe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s