Passaram a perna no Rei Roberto

Hoje é o aniversário político da cidade onde moro. Isso significa que há 154 anos Itatiba tornou-se independente politicamente, tendo sua própria Câmara de Vereadores e, consequentemente, suas próprias Leis. Também conhecido como emancipação política. Para comemorar a data, o Programa Voz e Vez (é, aquilo que eu chamo de programa de rádio) entrevistou o historiador e Secretário de Cultura, Esportes e Turismo da cidade, Luis Soares de Camargo.

A entrevista teve 40 minutos de material bruto e muita coisa interessante deixou de ir pro ar por falta de tempo. Mas eu sei que, pra vocês, não interessa muito saber como Itatiba foi fundada, nem a participação dos imigrantes no processo de desenvolvimento da terrinha. Por isso, aqui, vou transcrever as palavras do entrevistado sobre as duas visitas do Rei Roberto Carlos em Itatiba. Sim! O Rei esteve aqui e vocês não vão acreditar no que fizemos com ele.

Diz o Secretário:

“Na verdade, o Roberto Carlos quando veio nos anos 60 pela primeira vez em Itatiba, 67, mais ou menos aí, por esse período, ele se apresentou no Cinema (Cine Marajoara), que hoje é as Casas Bahia, ali na Praça da Bandeira. Ele ficou hospedado num hotel onde hoje é o Palecete [Damásio]

O Palacete que era Hotel

Mas é claro que as meninas sempre gritavam o nome de Roberto Carlos e queriam pegar no Roberto Carlos e tirar um pedaço da roupa dele… estava no auge do sucesso. E os rapazes de Itatiba se sentiram enciumados com isso. E o que houve foi que na escadaria do Palacete, existe até hoje, ele LEVOU UMA RASTEIRA e quase caiu. Na verdade foi isso que aconteceu. Daí que ele ficou muito bravo, dizem que ele fez uma música… uma música “Querem acabar comigo”, essa coisa toda e saiu muito chateado de Itatiba.

Alguns dizem que o caso foi até mais sério e que pessoas se engalfinharam com os guarda-costas do Roberto Carlos. Isso realmente aconteceu, que eu saiba, na escadaria do Palacete: um rapaz de Itatiba, família muito conhecida,  e que passou uma rasteira nele, e houve um início de briga e por isso ele ficou muito chateado. Mas foi por conta disso, ciúmes, porque as moças queriam se aproximar do Roberto e eles então – os rapazes de Itatiba – ficaram enciumados.

Escadaria do Palacete. Será que foi aqui?

Uma segunda vez o Roberto veio a Itatiba, mas aí ele já não estava no auge da sua carreira. E se apresentando aqui no Ginásio Municipal de Esportes [José Boava]. Porque é difícil lotar o Ginásio de Esportes… não é fácil não. Então não é que ele foi mal recebido depois, não, ao contrário. Ele não estava com sucesso suficiente para lotar o Ginásio, então as pessoas NÃO se interessaram em ir assistir o Roberto Carlos.

Vôlei no Ginásio. Bons tempos de Olimpíada Estudantil

E houve até uma questão engraçada que as pessoas responsáveis pelo show passaram de carro na Praça da Bandeira lotando peruas Kombi e tal, DE GRAÇA, para não passaram vergonha, porque não tinha quase ninguém para assistir o Roberto Carlos no Ginásio Municipal de Esportes. Foi isso que aconteceu”.

Quem diria hein? Que baita sacanagem fizemos com o Rei. Além de passar a rasteira no coitado, ainda avacalhamos com o show, entrando todo mundo de graça…

Parabéns Itatiba! #ItatibaDay! Que orgulho da minha terra!

3 pensamentos sobre “Passaram a perna no Rei Roberto

  1. Uma rasteira no cara? o cara não tem uma das pernas, ele usa uma perna mecânica, imagina nos anos 60 como era a tecnologia dessas coisas? imagino que ele tenha ficado mal mesmo o_o

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s