F1 2012: Monza, Itália

De ponta a ponta Hamilton vence Monza. Perez surpreende e é segundo. Alonso escala posições, conta com o abandono dos rivais e chega em terceiro. Massa “administra os pneus” e chega em quarto.

Ver Felipe Massa em terceiro colocado na largada de Monza foi uma grata surpresa.  Quando as luzes se apagaram, a surpresa foi ainda maior, já que não tomou conhecimento de Button e ainda botou quase meio carro a frente de Hamilton. Pena que o lado da curva não favorecia. Largadaça. Alonso e Bruno Senna também largaram bem, subindo algumas posições importantes.

Senna, aliás, tentou uma ultrapassagem maluca por fora em Di Resta. O inglês do carro indiano fechou a porta digamos, com vontade, e quase temos “cagâmbala“. Falando nisso, Vergne rodou sozinho na reta (deve ter quebrado alguma peça). O carro deu uma leve decolada quando bateu na zebra (deu aaaaaaasaaaaaaaaaaas). O piloto saiu andando. Segue a corrida!

Webber também largou lá atrás, mas na 13a volta já estava em décimo. Corrida de recuperação pro canguru australiano. Se o assunto é recuperação, Hulkenberg, que largou em ultimo, na volta 15 estava em 15º. Bonito ver as escaladas dos pilotos mais habilidosos.

Massa agunetou 20 voltas. Pouco antes de parar, foi ultrapassado por Button. Normal. O que não foi normal foi a informação da Sky Sports (rede de televisão inglesa) dizendo que a Ferrari ficou sem as imagens da telemetria do brasileiro no pit wall. Deu tela azul! Que fase, hein?

A rodada de pit stops não trouxe muitas surpresas. Trouxa, na verdade, Vettel e Alonso bem perto de Massa. No tráfego, quase provocou um acidente, com a asa dianteira de Vettel dando uma beijoca no pneu do Ricciardo.

Na briga Fernando x Sebastian, o espanhol tentou ultrapassar por fora e… ONDE ELE VAI??? As quaaaatro rodas pra fora na pista, na grama. Amigo, que controle do volante, hein? Pequena mitada do Alonso. Conseguiu segurar o carro e voltar pra briga, apesar de ter perdido um tempo precioso. Dos males o menor. Incidente sob investigação. E Vettel na marca a cal. O alemão teve que passar pelos boxes, dando tchau pros mecânicos.

Nesse meio tempo – entre incidente e punição – Alonso, tranquilo, passou Vettel.

E o espanhol tem o rabo virado pra lua. Como se não bastasse a punição pro Vettel, o carro de Jason Button apagou no meio da reta. Parece que foi o tal de “pescador de gasolina”. Então temos Hamilton, Massa e Alonso nas três primeiras posições. Em Monza. Que coisa, hein?

E o cenário estava evidente. O novo “faster than you” foi “manage your tyres“. A senha foi dada, Massa diminuiu o ritmo e Alonso passou. Acionou-se mais uma vez o jogo de equipe. Na atual circunstância, não sei o que pensar. O brasileiro não fez uma temporada que lhe desse argumentos para não colaborar com o companheiro de equipe. Por outro lado, talvez Alonso tivesse condições de passar sem ordem superior.  Estava bem mais inteiro. A eterna discussão da F1.

Volta 44: E lá vem Perez! O mexicano comeu quieto, botou pimenta no motor e por fora, na entrada da Parabólica, passou Massa. Alonso é o próximo alvo! Vem tirando 1 segundo por volta. Vixi! Só pra constar, Alonso também vem diminuindo distância para Hamilton. Que final de prova.

E passou! Com paciência e muita potência no motor, passou atropelando, também por fora, na Ascari. Podia ter passado por cima, por baixo, pelo meio. O próximo alvo é Hamilton. Será que dá? Te cuida Lewis! O Perez vem aí e o bicho vai pegar!

E os deuses da F1 sorriem para Alonso. A telemetria do carro do Vettel apontou o motor falhando e o alemão não teve outra escolha senão abandonar. Schummacher passou Webber (que posteriormente perdeu a traseira e abandonou). Assim, os  principais concorrentes não conquistaram tantos pontos quanto poderiam.

Apesar de Sergio Perez continuar diminuindo a distância…

VENCE LEWIS HAMILTON! TROUXE A MCLAREN PRA CASA! MONZA É SUA GAROTO!

Sergio Perez fantástico, em segundo! Alonso, o maior rabo da Fórmula 1, em terceiro. Massa, com o melhor final de semana em muito tempo, em quarto. Alonso vibra demais – largou em 10º e chegou no pódio. Hamilton leva o troféu, mas o vencedor é o espanhol.

O campeonato ficou assim: Fernando “traseiro de Lua” Alonso (179 pts), Lewis “tamo chegando” Hamilton (142 pts), Kimi “não esqueçam de mim” Raikkonen (141 pts), Sebastian “essa não deu” Vettel (140 pts), Mark “ficou difícil” Webber (132 pts), Jason “podia ter sido melhor” Button (101 pts).

A próxima etapa acontece em 23 de setembro. Vamos cair na noite de Cingapura!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s