A hora do voto 2

Caro leitor/eleitor,

Dia 7 de Outubro está ai, e mais uma eleição se aproxima.

Eu sei que é chavão, mas não custa lembrar: Vote com consciência e responsabilidade. Agora é a vez da sua cidade.

Sei também, que nossa classe política na maioria das vezes não merece o mínimo crédito, mas se lutamos por mais de 20 anos para votar, é por que isso realmente importa. Acredito que  somos obrigados por lei a votar, pelo simples fato de ainda não termos a noção da “arma branca”, que temos em nossas mãos, uma “arma” que nos faz cidadão.

Como nós conseguimos mais creches para os nossos filhos? Pelo seu voto.

Como conseguimos melhorar o saneamento básico nos pontos mais remotos da cidade? Pelo seu voto.

Como conseguimos ruas melhores para transitar? Pelo seu voto.

Vote de acordo com as suas idéias e convicções. E não importa, se essas convicções são partidárias e/ou pessoais. Não existe essa de “voto útil”. O que existe é um desejo de verem as coisas minimamente melhores, e ter a consciência de que amizades, relacionamentos familiares e/ou amorosos são maiores que a política. Nossas escolhas não podem só se pautar basicamente por que X ou Y é seu amigo ou da sua família.

Evoluímos a passos de “tartaruga”? Sim, mas evoluímos. E só evoluímos, porque nós ajudamos a construir uma sociedade melhor.

E cada escolha errada que fizermos, vamos pagar lá na frente, podem ter certeza. Para encerrar, como dizia uma professora minha na faculdade: Quer ajudar a construir um mundo novo? Comece cuidando da sua comunidade.

Por isso, BOM VOTO!

Cola eleitoral

Vereador= 5 números

Prefeito= 2 números

3 pensamentos sobre “A hora do voto 2

  1. Excelente texto. Sou daqueles que gosta de discutir política e tentar abrir os olhos de meus amigos – muitos deles que se mostram despreocupados com quem entrará este ano. Uma coisa que me aborrece é o fato de várias pessoas votarem em algum candidato simplesmente por verem um cartãozinho com o número da pessoa, sem nem saber as suas propostas. Como muitos dizem, a propaganda é a alma do negócio: Vitório Bando na última eleição foi o mais votado disparado, tudo resultado de uma super campanha propagandista de sua candidatura. Não estou criticando o vereador, mas sim seus eleitores, pois com toda certeza, uma boa parte votou apenas porque era o que mais fez campanha naquele ano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s