F1 2012: GP do Japão

Vettel vence e embola o campeonato, Massa aproveita o batidão e chega no pódio, mas é o mito Kobayashi quem faz a festa na terra do sol nascente.

A famosa primeira curva de Susuka não é famosa sem motivos. Nela, o campeonato mundial de 2012, que se desenhava para uma vitória de Fernando Alonso, ganhou contornos de uma épica batalha com o alemão da Red Bull. O instrumento para a mágica da primeira curva foi Kimi Raikkonen, que acertou o cavalinho endiabrado vermelho e o tirou da pista, levantando poeirão e instalando o caos.

Fernando estava fora da prova. Como bem disse a música do Roberto Carlos, “parou na contra-mão. A sorte o tinha largado de vez? Bom, talvez ele a tenha emprestado para Felipe Massa, que, além de escapar do acidente do companheiro de equipe, ainda teve presença de espirito de desviar da batida de Grosjean e… espera. GROSJEAN DE NOVO? OUTRA VEZ ESSE CARA BATENDO EM ALGUÉM? Apaputaqueopariu… Esse francês já deve ter os 20 pontos na Super Licença dele! A vitima dessa vez foi Mark Webber, que havia sido ultrapassado por Koba San. Na confusão, Senna foi obrigado a trocar o bico e Rosberg (para infelicidade do seu Keke), abandonou.

Não adiantou Schummacão anunciar a re-aposentadoria. Largou na rabeira, punido pelo batidão da outra corrida e ainda viu (ou melhor, não viu), sua telemetria ir pro espaço. Espero que tenha aproveitado as pistas nesses últimos anos. Bom descanso.

Na volta das paradas, Ricciardo, que ainda não havia entrado nos boxes, ficou imediatamente a frente dos já trocados Koba e Button. Perderam segundos preciosos (em especial o britânico) e quem agradeceu foi Massa, que consolidou a segunda colocação.

Perez deu duas beliscadas na grama ao tentar ultrapassar Hamilton por fora, em uma curva, e não conseguiu segurar o carro no traçado sujo e foi parar na brita. Não é exatamente o melhor cartão de visitas para a McLaren, não é?

Vettel, enquanto isso, ativou seu modo clássico de passeio pelas campinas verdejantes. Na volta 31, mais de 12” na frente de Massa. Na 39, uns 20”. Definitivamente ele sabe fazer isso.

Olha lá amigo! Hamilton saiu dos boxes dividindo a curva pergosamente com Kimi Raikkonen. Hummmmmmmmm…. O finlandês, por fora, se segurou bem e não rodou. O homem é gelado justamente para essas situações. Quase que as rodas se unem em matrimônio. Vixi.

Vale registrar que o mito se empolgou em sua segunda parada e quase levou o mecânico de carona. Se o tio do macaco não está ligado…

Mais pro final da prova, Button, em quarto, resolveu pisar fundo e foi tirando preciosos décimos por volta. Tensão em Susuka: será que o inglês faria a maldade de tirar o pódio da lenda nipônica Kobayashi?

Com duas voltas para o fim, a distância entre os dois era mínima, pouco antes do limite para abrir a asa móvel. O inglês teria duas chances. Na primeira tentativa, na reta, não passou nem perto. Agora, a última volta… Muito perto! Muito perto! VAI MITO! VAI MITO! SEGUUUURA MITO! PAAAAAAAAAAAAAAAAAASSSSSSAAAA KOBAYASHI PELA LINHA DE CHEGADA! EM TERCEIRO! Deliiiiiiiiiiiiiirio japonês! Explode a torcida nipônica em Susuka! Saquê de graça pra todo mundo!

Hã? Teve vencedor? Ah, tá bom… Ganhou o Vettel, parabéns pra ele. Bem sem graça esse moço. O Kobayashi foi muito mais legal!

Massa foi outro grande vencedor. Chegou em segundo e subiu ao pódio novamente após dois anos de lacuna. Deve chegar em sua garagem e sujar de molho de tomate mais um contrato com scuderia do seu Lucca.

Pódio dos mais simbólicos: Vettel encosta de vez no cangote de Alonso. Massa mostra que não está morto (talvez não tão vivo assim, mas, enfim) e bem… o Koba está lá!

O campeonato ficou assim: Fernando “Dio mio!” Alonso (194 pts), Sebastian “Cheguei, estou no paraíso” Vettel (190 pts), Kimi “como quieto” Raikkonen (157 pts), Lewis Hamilton (152 pts), Mark Webber (134 pts), Jenson Button (131 pts), Nico Rosberg (93 pts) e, PASMEM, ACREDITEM… Romain Grosjean com 92 pontos. NOVENTA E DOIS.

Semana que vem, dia 14 de outubro, tem o Grande Prêmio da Coreia do Sul, as 3 da manhã. Não está fácil pra ninguém.

Imagem: UOL F1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s