F1 2013: GP da China

Clima estremecido na Red Bull, tão estremecido que Webber ficou sem pneu. O dito cujo saiu rolando e foi fim de prova para o canguru boy. Pneus que realmente deram a tônica da corrida. Quem soube poupá-los, se deu bem. Caso de Raikkonen, que terminou em segundo com sua Lotus. Olho no Finlandês! que come (ou bebe) belas beiradas.

Já Felipe Massa, apesar de agressivo na prova, teve o pneu em frangalhos. A partir dai, não conseguiu fazer muita coisa. Terminou em 6º.

Enquanto isso, o Alonso foi o… Alonso! Tirou muito mais do que a Ferrari poderia oferecer. Resultado? Venceu a prova.

A Mercedes, pelo menos com o Hamilton, foi bem. O inglês fez outra corrida consistente e terminou em 3º. Ainda falta um ‘tchan’ para chegar na vitória.

O Rosberg, que abandonou, e o Vettel, apesar do 4º lugar, foram, de certa maneira, apagados. Medo de outro puxão de orelhas?

E a Mclaren? Ressurgiu, podemos dizer. Button voltou a ser um relógio na hora de conservar o equipamento. Chegou em 5º. E Sérgio Perez, apesar de algumas besteiras, foi bem. Terminou em 7º.

O fato é que o equilíbrio é grande neste começo de campeonato. Lotus, Red Bull e Ferrari, já venceram. No Bahrein, será a vez da Mercedes?

O campeonato

Vettel 52 pts

Raikkonen 49 pts

Alonso 43 pts

    Hamilton 40 pts

Massa 30 pts

Imagem

Massa não foi bem. Assim como Webber

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s