Querido ladrão…

Querido Ladrão,

Seja bem vindo, pela décima primeira vez, na minha residência. Fique a vontade. O bolo de fubá ainda está em cima da mesa, como você deixou ontem, mas o café é fresquinho, pode pegar na cafeteira.

Como você pode notar, não sobrou muita coisa. Apenas reparei que você não quis levar o vaso de flores de Holambra, lá da sala de estar. O que foi que aconteceu? Não gostou da decoração? Você está dizendo que eu não tenho bom gosto? É isso? Bom… Eu preferi ser otimista e achar que você não conseguiu carregar. Eu entendo… vídeo game, notebook, celular, jóias, roupas, sapatos, imã de geladeira, panela de pressão e a lição de casa dos meninos é muita coisa para levar só com duas mãos.

A propósito, se vier amanha também, por favor, tire os sapatos antes de entrar na cozinha. Como nos últimos dias choveu bastante, suas pegadas deixam a casa uma imundice. Eu posso ter ficado pobre com as suas visitas, mas ainda somos limpinhos, então, se toca mané e me ajuda aí.

Aproveitando a carta, é possível deixar anotado no caderno, que fica em cima da escrivaninha do segundo quarto, seu nome completo, RG e CPF? Ainda preciso terminar de preencher a Declaração do Imposto de Renda (sempre na última hora) e preciso colocá-lo como dependente. Você acha que sai barato sustentar um bandido profissional? Faça o seguinte também: já deixa anotado quanto você ganha, em média. Eu sei que nem todo roubo é tão proveitoso quanto em minha casa, mas tenho certeza que você melhora a cada dia. A prática leva á perfeição, não é esse o ditado popular?

Amanhã não estarei por aqui entre as 8 e 11 da manhã, mas vovó chega as 11:30. A nonna andou reclamando de você, então, sugiro que não esteja mais aqui nesse horário ou você corre o risco de levar uma bengalada na cabeça. Vai por mim…. a bengalada dói. E muito.

Atenciosamente,

Moradores do 315.

PS: Hoje vai passar um filme muito bom durante a sua estada. Pena que você levou a televisão em uma de suas visitas. Tá vendo só? Se lascou. Vai ter que se contentar com o rádio… Opa, pera aí. O rádio você também levou.

PS2: O vizinho pediu pra você cantar mais baixo. Quer dizer…. foi o ladrão do vizinho quem pediu. Ele disse que não consegue se concentrar no assalto com você cantando. Tá tão mau assim, galã?

PS3: Não quer levar a sogra, na próxima visita? Pago bem.

Um pensamento sobre “Querido ladrão…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s